Os policiais colocaram a carga em um veículo
blindado e levaram para a Delegacia da Posse
NOVA IGUAÇU - O veículo estava parado em Nova Iguaçu; ninguém foi preso.

Policiais militares do Batalhão de Mesquita (20º BPM) patrulhavam a região do Rancho Novo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, quando suspeitaram de um caminhão que estava estacionado no local. Dentro, os PMs acharam cerca de 500 kg de maconha em tabletes.

Os moradores informaram aos policiais que o veículo estava parado ali havia muitas horas. Ninguém foi preso.

O caminhão foi levado para a Delegacia da Posse (58ª DP), onde a polícia vai verificar informações a partir da placa do veículo.





Via R7
28/08/2014
NOVA IGUAÇU - O prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier, e os secretários municipais Rubens Borborema (Transporte e Mobilidade Urbana) e Luiz Antunes (Defesa Civil e Ordem Pública) se reuniram, nesta quinta-feira (28-08), no Centro Social São Vicente, com representantes do pólo automotivo e do pólo de autopeças. Um dos objetivos do encontro foi mostrar o que o governo está fazendo para melhorar a acessibilidade na cidade, principalmente nas avenidas Nilo Peçanha e Carlos Marques Rollo.

Nelson Bornier destacou a importância da participação dos comerciantes dos dois pólos no debate par o desenvolvimento da cidade. O prefeito enfatizou que já apresentou o projeto de mobilidade urbana em Brasília, mas a presidente Dilma Rousseff ainda não liberou os recursos. “Durante o meu primeiro governo, em 1998, inaugurei, com o governador Marcello Alencar, a Via Light. Resolvemos de imediato o problema de trânsito naquela época. Agora, nossa meta é ligar todo o centro da cidade, além de implantar uma linha de BRT que vá das imediações da garagem da empresa São José até Cabuçu. Outra boa notícia é que a Via Light se estenderá até Madureira”, disse Bornier.

O prefeito revelou ainda que há um projeto para se construir uma rodoviária na Praça Santos Dumont. Mas, segundo ele, esta proposta terá que ser bem discutida com a população. Bornier frisou ainda que os comerciantes da Avenida Marques Rollo precisam participar mais das discussões. “Estamos abertos ao diálogo e faremos o que for possível para melhorar o trânsito na Marques Rollo e no entorno, além de debatermos outras questões na cidade. Mas, repito: não posso fazer nada sozinho. A sociedade tem que participar”, finalizou.

O representante do polo automotivo (que compreende as avenidas Carlos Marques Rollo, Oscar Soares, Getúlio de Moura e o entorno da Via Dutra), Laurênio Lourenço Pinto de Aguiar, o Leno, informou que o pólo tem cerca de 80 agências e concessionárias. Ele argumentou que o debate com o governo é fundamental para buscar soluções. “Proponho que façamos uma campanha de mídia para mostrarmos o que Nova Iguaçu tem. Por isso, a participação dos comerciantes é fundamental”, analisou.

Mudanças na cidade

Durante o encontro, o secretário Rubens Borborema anunciou algumas medidas que poderão melhorar o trânsito em Nova Iguaçu. Ele anunciou que serão implantadas 80 câmeras na cidade. Os semáforos também serão sincronizados de acordo com o fluxo de veículos. “Já fizemos reuniões com vários segmentos da sociedade para explicarmos as mudanças que estão acontecendo e as que virão. Mas a secretaria está portas abertas para o debate”, arrematou.

Ao final do evento, o secretário Luiz Antunes fez uma projeção de fotos mostrando que a Avenida Marques Rollo está sempre com veículos nas calçadas, obstruindo a passagem de pedestres, entre outras irregularidades. “Fazemos operações direto lá, mas o problema é a falta de consciência das pessoas”, resumiu Antunes.

Participaram também da reunião o presidente do Sindicato de Comércio varejista de Nova Iguaçu, Uéliton pessanha; o presidente da Associação Comercial de Nova Iguaçu, Antonio Alpino; o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Iguaçu, Cláudio Rosemberg; o gerente administrativo do Sebrae, Décio Lima; o presidente do polo automotivo de Nova Iguaçu, Ricardo Florence, o vereador Juninho do Pneu; o comandante do 20º batalhão de Polícia Militar, Almyr Cabral Mendonça; e comerciantes.



Via PMNI
28/08/2014
Imagem Ilustrativa
NOVA IGUAÇU - Agentes da Operação Lei Seca, da Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro, detiveram, na madrugada desta quarta-feira (27), um homem foragido da Justiça, durante blitz na Avenida Carlos Marques Rollo, em Nova Iguaçu. Ao ser abordado, Cláudio Sobral Ribeiro não portava a Carteira Nacional de Habilitação, nem o documento do veículo que conduzia. E

Ele realizou o teste com o etilômetro, que deu negativo. Após consulta ao banco de dados, foi constatado que havia dois mandados de prisão contra ele por roubo. Cláudio foi conduzido para a 58ª DP (Posse), onde o caso foi registrado.

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente, lançada em março de 2009, pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro. Desde então, até a madrugada de 27/08/2014, 1.600.744 motoristas foram abordados, 311.384 foram multados, 64.246 veículos foram rebocados e 116.914 motoristas tiveram a CNH recolhida. Um total de 124.133 condutores sofreu sanções administrativas, sendo que 4.029 deles também sofreram sanções criminais. Os agentes realizaram 1.397.586 testes com o etilômetro.





Via agencia Rio
28/08/2014
NOVA IGUAÇU - Na tarde de ontem, no Laranjão, o Nova Iguaçu martelou o Volta Redonda durante todo o primeiro tempo, mas graças à grande atuação do goleiro Douglas não saiu do zero pela terceira rodada da Copa Rio. Com dois pontos em duas partidas, a equipe Laranja da Baixada segue na terceira posição do Grupo A e voltará a campo na próxima quarta, quando enfrentará o Audax Rio, fora de casa.

Com a mesma formação que empatou com o America na estreia, o Nova Iguaçu realizou um primeiro tempo de muitas ultrapassagens em velocidade e foi criando oportunidades. Logo no início, Marlon caiu pela direita, rolou e Wescley chutou, mas o goleiro Douglas fez grande defesa. O Volta Redonda assustou o goleiro Jefferson numa saída errada da defesa, mas Preto chutou para fora.

O time anfitrião ainda teve outras duas grandes chances de abrir o placar no primeiro tempo. Aos 29 minutos, Wescley rolou da direita para Marlon chutar, mas Douglas realizou defesa espetacular. Quatro minutos depois, o goleiro do Volta Redonda fez outra grande defesa, em chute de Ramon, após o atacante arrancar da intermediária e passar por dois marcadores.
Precisando da vitória, o técnico Marcelo Salles foi mexendo na equipe, mas o Nova Iguaçu não repetiu o bom futebol no segundo tempo. Fechado, o Volta Redonda conseguia se defender e sair para o ataque com perigo. O goleiro Jefferson teve de fazer duas boas defesas logo no início da etapa final, em chutes de Preto e Anderson Paim.

À medida em que o tempo passava, o Nova Iguaçu se lançava à frente tentando furar a retranca do Volta Redonda, que respondia nos contra-ataques. No mais perigoso deles, Bruno Barra fez jogada pelo meio e obrigou Jefferson a fazer outra boa defesa. O esquadrão laranja teve a chance da vitória aos 42 minutos, na base do abafa, mas Dieguinho jogou para fora após Jorge Fellipe escorar de cabeça.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 0 x 0 VOLTA REDONDA

Local: Estádio Jânio Moraes, o Laranjão
Data-Hora: 27/8/2014 – 15h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Auxiliares: Wendel de Paiva Gouvêa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Renda e público: R$ 810,00 / 49 pagantes / 149 presentes
Cartão amarelo: Jorge Fellipe, Paulo Henrique, Rhayne, Rafael Estevam e Yan (NOV); Arimax, Bruno Barra (VR).
>> Nova Iguaçu: Jefferson; Yan, Rhayne, Jorge Fellipe e Rafael Estevam; Rodrigo César, Paulo Henrique e Geovani (Erick Foca); Wescley (Tiago Corrêa), Ramon (Dieguinho) e Marlon. Técnico: Marcelo Salles.
>> Volta Redonda: Douglas; Formiga, Luan, Arimax e Anderson Paim; Bruno Barra, Jorginho (Willian), Lucas (Guilherme Luis) e Rafael Laurenço; Jeferson e Preto (Gomes). Técnico: Toninho Andrade.

Flamengo ainda tem a maior torcida do Brasil

Pesquisa realizada pelo Ibope em parceria com o jornal Lance! e divulgada ontem aponta que a torcida do Flamengo segue como a maior do Brasil. Apesar do crescimento de corintianos, o clube carioca mantém-se na liderança do ranking, com 32,5 milhões de rubro-negros.
Preferência de 16,2% dos brasileiros, o Flamengo vê sua vantagem diminuir à medida que a torcida do Corinthians aumenta. O Timão é o único a apresentar evolução desde que a pesquisa foi criada, em 1998, e neste ano aparece com 27,3 milhões de torcedores. O número equivale a 13,6% da preferência da população nacional. Enquanto o Rubro-Negro oscilou para baixo na margem de erro de um ponto percentual, o Alvinegro cresceu 0,2 ponto em relação ao levantamento feito há quatro anos.
O São Paulo mantém o terceiro lugar com 13,6 milhões de tricolores (6,8% dos torcedores brasileiros), mas caiu 1,9 ponto em relação a 2010. O agora centenário Palmeiras segue em quarto com 5,3% de participação mesmo caindo 0,7 ponto percentual. O Vasco fecha os cinco primeiros com 3,6% e baixa de 0,5 ponto. O levantamento feito pelo Ibope foi composto por pesquisa feita com mais de sete mil pessoas em todos os estados do País. A título de comparação, as pesquisas eleitorais de abrangência nacional geralmente são realizadas com cerca de três mil pessoas.
>> Confira o ranking das torcidas: 1º) Flamengo 16,2% (32,5 milhões); 2º) Corinthians 13,6% (27,3 milhões); 3º) São Paulo 6,8% (13,6 milhões); 4º) Palmeiras 5,3% (10,6 milhões); 5º) Vasco 3,6% (7,2 milhões); 6º) Atlético-MG 3,5% (7,0 milhões); 7º) Cruzeiro 3,1% (6,2 milhões);
8º) Grêmio 3% (6,0 milhões); 9º) Internacional 2,8% (5,6 milhões); 10º) Santos 2,4% (4,8 milhões); 11º) Fluminense 1,8% (3,6 milhões); 12º) Bahia 1,7% (3,4 milhões); 12º) Botafogo 1,7% (3,4 milhões); 14º) Vitória 1,3% (2,6 milhões); 15º) Atlético-PR 1,2% (2,4 milhões);
16º) Sport Recife 1,2% (2,4 milhões); 17º) Santa Cruz 1% (2,0 milhões) e 18º) Ceará 0,8% (1,6 milhões).


Via Jornal de Hoje
28/08/2014
NOVA IGUAÇU - Policiais da 54ª DP (Belford Roxo) prenderam, na manhã de ontem, um homem acusado de praticar roubo a veículos em diversos bairros de Belford Roxo, Nova Iguaçu, São João de Meriti e Duque de Caxias. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, Douglas Calazans dos Santos, de 19 anos, foi surpreendido pelos policiais em sua residência, na Rua Agaí, em São Bernardo, Belford Roxo, e não houve resistência durante a prisão.

Segundo o delegado titular da 54ª DP, Luiz Henrique Ferreira, Douglas teria diversas passagens pela delegacia por roubo a veículos, e chegou a roubar cerca de dez carros por semana. Ainda segundo ele, o criminoso foi reconhecido por três vítimas, o que facilitou o pedido de prisão. Douglas poderá cumprir pelo menos quatro anos de pena. “O reconhecimento foi essencial para conseguirmos dar entrada no mandado de prisão. Se qualquer outra vítima reconhecer a imagem do Douglas no jornal, deverá se dirigir à delegacia mais próxima e registrar a queixa”, orienta o delegado.

De acordo com policiais, Douglas não tinha envolvimento com o tráfico de drogas, mas alugava armas com traficantes em comunidades dominadas pela facção criminosa Comando vermelho. Em forma de pagamento, ele entregava os pertences roubados das vítimas, além de deixar alguns veículos na comunidade para serem clonados.

Roubos a veículos em Belford Roxo reduzem 40%

Uma pesquisa feita por agente da 54ª DP constatou que o número de roubos a veículos no município teve uma sensível redução em relação ao ano passado. Segundo o delegado titular da unidade, Luiz Henrique Ferreira, o número de carros roubados do início de 2013 até o dia 26 de agosto do mesmo ano foi de 83, uma redução de 40% em relação ao mesmo período do ano de 2014, que foi de 56 roubos registrados até a última terça-feira.

Via Jornal de Hoje
28/08/2014
NOVA IGUAÇU - Há 21 anos a Cidade de Nova Iguaçu é palco do renomado Festival de Dança, realizado pela Academia Tereza Petsold, referência em dança na Baixada Fluminense. O evento, que já faz parte do calendário fixo, da Cidade, reúne dançarinos de todo o Brasil com a parceria da Prefeitura de Nova Iguaçu, Top Shopping, Sesc de Nova Iguaçu e a Escola Bolshoi Brasil em Santa Catarina.

Aos gritos de uma plateia contagiante, Carlinho de Jesus, um dos grandes nomes da dança nacional, abriu o 21° Festival de Dança. Para a primeira apresentação, um ritmo que mescla raízes espanholas com influências de vários países hispano-americanos, o bolero. Em seguida, os números foram acompanhados com arranjos diferenciados e um samba para finalizar a apresentação de Carlinhos de Jesus junto à dançarina Vanessa Nascimento.

Muito empolgado com o número de pessoas presentes, Carlinhos de Jesus contou que há 18 anos ele foi um dos primeiros a pisar no Top Shopping, ainda em obras. Ele participou da inauguração do shopping e relembra que saiu de dentro de uma caixa para uma apresentação. “É uma eterna comemoração. Esses 21 anos marca a resistência da dança a uma cultura sem muito prestígio. Quando eu danço, eu comemoro a vida”, se emociona Carlinho de Jesus.

O som de ritmos diferentes foi despertando a curiosidade dos comerciantes do shopping que aos poucos deixaram as lojas para acompanhar o festival. A abertura oficial ficou por conta do prefeito Nelson Bornier, que ressaltou a importância da dança em Nova Iguaçu. “É notável a visibilidade que a dança trouxe para a cidade. O Festival leva o nome de Nova Iguaçu a fora e isso é muito gratificante”, comenta Bornier.

Após a abertura, as meninas da Academia Thereza Petsold invadiram o palco dançando um clássico do balé.

O festival que começou nesta quarta-feira, (27), segue com a programação até o dia 31 com 2.000 participantes e mais de 70 grupos de coreografia inscritos. Todos os dias, a partir das 14h, grupos da academia se apresentarão com danças de jazz, sapateado, axé, entre outros ritmos, no Top Shopping. Já à noite, às 18h, a programação continua no Sesc com dançarinos de diversos cantos do Brasil. Eles disputarão uma premiação em dinheiro e a chance de concorrer a uma bolsa de estudos oferecida por Bolshoi através das apresentações que serão realizadas no domingo, 31, na Sala Multiuso 2 do Sesc, para bailarinos de 12 a 18 anos e na segunda - feira, às 9h na Academia Tereza Petsold, para crianças de 9 a 11 anos. Todos os participantes ganharão certificado.

Para a idealizadora do Festival, Tereza Petsold, esse momento é de gratidão e felicidade. “Quem tem amigos, saúde e Deus tem tudo. Estou muito feliz. Bornier tem sensibilidade e um olhar diferenciado para a cultura. Sem esse apoio nada acontece. Começamos muito bem o nosso primeiro dia de festival”, comenta sorridente Petsold.



Via PMNI
Fotos de Thiago Loureiro
27/08/2014
NOVA IGUAÇU - Garotada vai se divertir com as atividades de esporte itinerante

A Prefeitura de Nova Iguaçu realiza neste domingo (31), em Vila de Cava, a 5ª etapa do projeto itinerante Caravana de Esporte e Lazer nos Bairros. O programa, que está percorrendo a periferia da cidade com equipamentos e várias competições esportivas, visa descobrir novos talentos nas modalidades sub 14 e sub 17 em atletismo, futebol de campo, futsal, judô e vôlei. Haverá ainda rodas de capoeira, além de campeonato de embaixadinhas.

A grande novidade da Caravana de Esporte e Lazer nos Bairros é a instalação da grama sintética móvel, com dimensão de uma quadra oficial de futsal. A prefeitura leva também dois pórticos, de largada e chegada, para as provas de atletismo, que valem medalha para os vencedores.

O secretário de Esporte e Lazer de Nova Iguaçu, Adriano Santos, afirma que espera reunir cerca de mil crianças e adolescentes na atividade. “O esporte e lazer devem estar à disposição da comunidade. O direito é incondicional a todos, independentemente da classe social, religião, sexo ou idade”, disse ele.

A atividade será realizada na Praça de Vila de Cava, na parte central do bairro, das 9h às 15h.



Via PMNI
27/08/2014

BELFORD ROXO - Um suspeito preso na manhã desta quarta-feira (27 de agosto) contou a policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) que as irmãs Ariane Oliveira de Souza, de 18 anos, e Jéssica Oliveira de Souza, de 23, foram assassinadas por traficantes de drogas nas favelas da Guacha e do Gogó da Ema, em Belford Roxo. 

Sandro da Silva, o Gordinho, de 19 anos, disse ainda que não participou da morte das irmãs. Ele foi levado para a 54ª DP (Belford Roxo) e ouvido pelos agentes da DHBF na delegacia.

O suspeito foi preso durante uma operação do 39º BPM (Belford Roxo) no Gogó da Ema e na Guacha para tentar localizar os assassinos das irmãs. Sandro estava, segundo os PMs, com munição e um carregador. A ação já terminou.

A polícia já sabe que Ariane e Jéssica saíram da Riosampa, em Nova Iguaçu, com três homens. Eles aparecem junto das irmãs em imagens gravadas pelos circuito de câmeras da casa de shows. Os corpos das irmãs foram encontrados abraçados, na madrugada de sábado (23 de agosto), numa rua de terra batida, na Av.Marcovadi, no bairro Nova Esperança, próximo ao Gogó da Ema. Uma das linhas de investigação é de que as irmãs possam ter sido mortas por engano.

Os agentes da DHBF planejam reconstituir os últimos passos de Ariane e Jéssica. Eles já sabem que as irmãs foram assaltadas na noite de sexta (22), quando estavam a caminho da Riosampa - as duas costumavam ir a pé até a casa de shows. Elas tiveram os celulares levados, mas não desistiram da noitada.

Segundo o delegado Pedro Medina, titular da Divisão de Homicídios da Baixada, além das imagens, depoimentos de parentes, testemunhas e amigos das vítimas serão essenciais para se chegar aos criminosos.

Jéssica trabalhava como cabeleireira e era mãe de um menino de 8 anos. Ariane era estudante. As duas foram sepultadas juntas, na segunda-feira, no Cemitério Municipal de Belford Roxo (Solidão). Um ônibus saiu de Heliópolis, onde as irmãs moravam, com dezenas de moradores. Elas levaram tiros na cabeça. Exames do Instituto Médico-Legal (IML) indicarão se Ariane e Jéssica foram violentadas, o que é uma desconfiança da polícia.



Via Extra / Editado por Notícias de Belford Roxo






BELFORD ROXO - Policiais Militares do Batalhão de Belford Roxo (39ºBPM),  estão realizando uma operação nesta quarta-feira (27 de agosto) na Comunidade Gogó da Ema, em Belford Roxo. Nesta região as irmãs Ariane e Jéssica Oliveira de Souza, de 18 e 23 anos, respectivamente, foram encontradas mortas no último sábado (23). Segundo a assessoria da PM, o objetivo da ação é coibir o tráfico de drogas no local e ainda não há registro de presos.

Já a Polícia Civil, que segue investigando o duplo homicídio, pediu imagens da casa de shows Rio Sampa em Nova Iguaçu onde as irmãs foram vistas pela última vez, na madrugada do último sábado. Os agentes encontraram os corpos das jovens com marcas de tiros e de violência sexual, próximo a Avenida Marcovaldi, no Bairro Nova Esperança também próximo ao Gogó da Ema.

Investigadores apuram se elas teriam sido confundidas com namoradas de traficantes.

Vítimas teriam sido confundidas

As moças haviam ido a um show e teriam saído do local na companhia de três homens em um carro. Ariane, que era estudante, e Jéssica, cabeleireira, moravam com a família em Belford Roxo. Ainda de acordo com agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), no caminho até a boate, as irmãs tiveram celulares roubados. 
Mesmo assim, resolveram ir à casa de shows. 


As irmãs teriam sido confundidas
com as namoradas do traficante
Chelsea e seu comparsa.

Eles foram mortos no mesmo dia
Denúncias apontam que as vítimas foram confundidas pelos assassinos como as namoradas de Geraldo dos Santos Anjos Filho, o Chelsea, e de um comparsa dele, que também foram mortos na mesma madrugada. Chelsea seria gerente do tráfico na comunidade Guacha, no Jardim Redentor, também em Belford Roxo.

Ele, que era da facção Amigos dos Amigos (ADA), teria participado da invasão ao Fórum de Bangu, em outubro do ano passado, na tentativa de libertar um traficante. Na ocasião, uma criança e um PM morreram.






Polícia aguarda necropsia e vai ouvir testemunhas

Agentes da DHBF afirmaram que a perícia de local foi realizada e que estão aguardando o resultado da necropsia. Enquanto aguardam as imagens solicitadas, policiais vão ouvir testemunhas que já foram intimidas a prestar depoimento.

Na madrugada de sábado, Chelsea teria discutido com outro traficante, que deixou a prisão há pouco tempo e queria controlar o Guacha. Esse traficante atirou em Chelsea e num segurança dele, matando os dois na hora. Os corpos foram colocados no porta-mala de carro e incendiado. O veículo foi abandonado perto da favela.

As irmãs foram mortas pouco depois, próximo ao Gogó da Ema, que também é dominada pela ADA. Os corpos foram encontrados amarrados e com tiros na cabeça. As vítimas apresentavam marcas de violência sexual e física, e foram deixadas em uma rua de terra batida. O sepultamento aconteceu na segunda-feira, no Cemitério Municipal de Belford Roxo.



O dia / Editado por Notícias de Belford Roxo


NOVA IGUAÇU - O grupo CCR, concessionária da Nova Dutra, começou a colocar obstáculos (currais) nas sete passarelas de pedestres sobre a rodovia Presidente Dutra, no trecho ao longo da cidade de Nova Iguaçu. A medida, solicitada pela Secretaria Municipal de Defesa Civil e Ordem Pública, tem por objetivo reduzir a onda de bandalhas, com atropelamentos, assaltos e fugas rápidas praticados por motociclistas na região.

O secretário Luiz Antunes contou que os crimes sobre as passarelas vinham acontecendo a qualquer hora do dia e da noite. Segundo ele, os alvos preferidos dos motoqueiros são adolescentes e idosos para a prática de roubo de celular, jóia, dinheiros e até compras.

“As passarelas em frente à indústria de canetas Compacto e do Atacadão do Carrefour eram as mais visadas pelos assaltantes, que colocam em risco a segurança dos pedestres”, disse.

Ainda de acordo com Antunes, o motoqueiro fica do outro lado da rodovia à espreita, aguardando sua ‘presa’ subir a passarela para atacar e depois fugir em um dos sentidos da Via Dutra. Segundo o secretário, os obstáculos instalados não impedem o acesso de cadeirantes, grávidas e carrinhos de bebê. “Só não permite a manobra da motocicleta para a cessar a passarela”, explica.

O uso da passarela por motociclitas fere o Artigo 193 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que proíbe o trânsito de veículos em calçadas, passeios, passarelas, ciclovias, ciclofaixas, ilhas, refúgios, ajardinamentos, canteiros centrais e divisores de pista de rolamento, acostamentos, marcas de canalização, gramados e jardins públicos.

A multa para esse tipo de infração corresponde ao valor de R$ 191,54. Por ser de característica gravíssima, ela é multiplicada por três, chegando a R$ 574,62. O infrator perde também sete pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação CNH.

Segundo ainda Antunes, a medida foi uma determinação de Bornier, que contou com total apoio da concessionária Nova Dutra. “Havia muita queixa de vítimas. Isso preocupou o prefeito”, relatou.





Via PMNI
27/08/2014