NOVA IGUAÇU - A família de um bebê recém-nascido culpa uma maternidade por erro médico na hora do parto. Jhonatan,de dois meses, nasceu com uma lesão entre o pescoço e o ombro direito. A mãe da criança, Jhennyfer Melo, disse que as sequelas foram resultados do parto mal-sucedido na maternidade Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

— Na hora do parto, eu fazia força e a médica dizia que não era suficiente. A equipe começou a rir de mim quando eu falei que não tinha mais forças. Eles retiraram o restante do corpo do meu filho e foi aí que se deu a lesão

Segundo a família, o laudo da maternidade, que confirmou a contusão, só ficou pronto quase dois meses depois do nascimento do bebê. A criança ficou internada por 10 dias na UTI Neo-Natal do hospital. A mãe da criança alega ainda que houve demora no atendimento.

De acordo com Jhennyfer, ela deu entrada no hospital por volta das 11h com fortes dores, mas o nascimento do filho dela só ocorreu às 21h30. A mãe não conseguiu chegar ao centro cirúgico e o parto normal aconteceu na sala de pós-parto.

— A médica me bateu e disse que eu teria parto normal e que eu não estava sentindo tantas dores. Depois, ela se virou para as pacientes e disse que eu estava assustando todas as mulheres que tiveram bebês aqui nessa sala.

Dias depois da alta, a família voltou à unidade para procurar sessões de fisioterapia para o recém-nascido, mas o profissional de plantão orientou que a mãe da criança procurasse outra unidade hospitalar. No Hospital Geral de Nova Iguaçu, o médico prescreveu a necessidade de fisioterapia com urgência, caso contrário, o bebê poderia perder o movimento do braço. 

A dificuldade no tratamento para a lesão do filho fez Jhennyfer recorrer às redes sociais. Ela publicou um pedido de ajuda para conseguir atendimento para o filho. A postagem teve mais de sete mil compartilhamentos, e um médico neurocirurgião, sensibilizado com a história, assistiu Jhonathan em uma consulta.

A família também contou que por conta da repercussão na internet, eles conseguiram um aparelho para dar sustentação ao braço do bebê. No entanto, a procura por fisioterapia continua sem sucesso. 

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu disse que vai abrir uma sindicância para apurar a denúncia de negligência apontada pela mulher.

Assista ao vídeo




Via R7
27/05/2015
NOVA IGUAÇU - A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu estreou o Cineclube ELC e nesta sexta-feira (29/05), às 18h, levará o filme "Fala tu", de Guilherme Coelho para a Praça de Austin. A exibição é gratuita. Os filmes selecionados dialogam com a temática da cultura urbana e juventude.

O filme acompanhou o cotidiano de três moradores da Zona Norte carioca que tem comum a paixão pelo rap e testemunhou sonhos, dramas e transformações vividas pelos personagens durante os nove meses de gravação. 

Além da exibição, o evento contará com um pocket show do grupo de rap #ComboIO de Nova Iguaçu, que venceu o Take Back the Mic, considerada a Copa do Mundo do Hip Hop, o que torna a programação ainda mais rica.

Sobre a Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu

A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu, fundada em julho de 2006, é a primeira escola de audiovisual da Baixada Fluminense. Localizada no bairro de Miguel Couto em Nova Iguaçu, sob a gestão da OSCIP Avenida Brasil Instituto de Criatividade Social, o projeto é dirigido pelo cineasta e diretor teatral Marcus Vinícius Faustini.

Em 2012, com a mudança para Austin, a ELC iniciou um novo ciclo e agora conta com uma gestão colaborativa na qual o Cineclube Buraco do Getúlio, a ONG Laboratório Cultural, o Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense e o Cineclube Mate com Angu contribuem com mobilização e produção..

Serviço:
Cineclube ELC
Dia: 29/04 (sexta-feira), às 18h
Filme: "Fala tu", de Guilherme Coelho 
Local: Praça de Austin- próximo à Estação de Trem, em frente ao mercado Novo.


Via Divulgação
27/05/2015
NOVA IGUAÇU - A segunda semana dos Jogos Estudantis abriu passagem para as competições coletivas. O futsal, na categoria de 12 a 14 anos, agitou o sábado e o domingo dos alunos-atletas e algumas goleadas marcaram o último final de semana. O destaque ficou para o Colégio Soeiro Almeida, de Nova Iguaçu, que despachou o Colégio Vila da Cava, também da Baixada Fluminense, aplicando 10 a 1, garantindo a classificação no Grupo J. Pelo Grupo I, o Liceu Santa Mônica venceu o confronto contra o CIEP Vereador José Lopes, por 7 a 0.

A outra goleada do dia foi aplicada pelo Centro Educacional Senador Camará, que bateu o CIEP Waldick Pereira por 6 a 0. A equipe também venceu o Colégio Estadual São Jorge, por 1 a 0, e ficou com a vaga no Grupo G. Pelos grupos B e F, os classificados foram Centro Educacional Rakel Rechuen e Colégio Romeu Duarte, respectivamente.

No Grupo D, o Instituto Martin Luther King ficou com a classificação. Já no Grupo C, o CIEP Jean Baptiste Dupret faturou a vaga. Todas essas partidas foram válidas pela Região 1, que englobam a região da Baixada Fluminense, que conta com os seguintes municípios: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São João de Meriti e Seropédica.

A organização dos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro 2015 dividiu os municípios em sete regiões para fazer as partidas eliminatórias entre elas.


Via Extra
27/05/2015
NOVA IGUAÇU - A prefeitura de Nova Iguaçu iniciou ontem (25) o curso de qualificação CapacitaSUAS. Destinado para profissionais da Assistência Social, a atividade tem como objetivo capacitar gestores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) para implementação de planos estratégicos desenvolvidos pelo governo. Ao todo, 105 profissionais dos municípios de Nova Iguaçu, Queimados e Mesquita participam do curso.

A formação é gratuita e será desenvolvida até sexta-feira (29), no Centro Social São Vicente, em Nova Iguaçu. O curso é ministrado pela professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Fátima Valéria Ferreira de Sousa, e todos os participantes receberão certificado da instituição de ensino após conclusão.

A secretária de Assistência Social de Nova Iguaçu (Semas), Cristina Quaresma, comemora o fato de Nova Iguaçu ser a primeira cidade a recepcionar o CapacitaSUAS na Baixada Fluminense. “É um grande momento da Assistência Social. A atividade vai oportunizar aos gestores, trabalhadores e conselheiros da área o acesso à qualificação, aos conhecimentos e aos conteúdos atualizados”, avalia Quaresma.

A abertura contou com a presença da secretária e subsecretária Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Teresa Cristina Cosentino e Nelma Azeredo, respectivamente; subsecretária da Semas de Nova Iguaçu, Cristiane Lamarão e da representante do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Patrícia Villas Boas.



Via PMNI
27/05/2015
NOVA IGUAÇU - Uma explosão num botijão de gás provocou o desabamento completo de uma casa e parte de outro imóvel, na madrugada de ontem, na Rua Girassol, no bairro Vila Cava, em Nova Iguaçu. Duas pessoas ficaram feridas durante a explosão na Baixada Fluminense. O quartel do Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado.

Ilezita, sofreu ferimentos leves e está traumatizada
De acordo com a corporação, Iselita Silva Carvalho, de 50 anos, e Iolanda Silva Carvalho, 51, ficaram feridas. Elas são irmãs. As duas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias.

Moradores que ajudaram no socorro das irmãs, antes da chegada dos bombeiros, relataram que a explosão foi grande e aconteceu às 2h30 da madrugada. Para se ter noção do tamanho do impacto, a grade de uma janela foi arremessada ao outro lado da rua e roupas que estavam no varal foram parar nos fios de energia elétrica. Uma casa vizinha foi afetada e apresenta rachaduras nas paredes. 

Segundo informações, Iolanda foi resgatada muito machucada, mas consciente. Ela estava no banheiro no momento da explosão. A laje caiu sobre a idosa, que teria trocado, no domingo, um botijão na sua casa, segundo uma vizinha. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Iolanda tem queimaduras de segundo grau em 40% do corpo. O estado de saúde dela é considerado grave. Já Iselita segue estável, em avaliação clínica. A perícia foi realizada no local e concluiu que um botijão de gás, na casa que foi completamente destruída, provocou a explosão. A suspeita é que ele estava mal instalado. A 58ª DP (Posse) vai investigar as circunstancias do caso.


Via Jornal Hora H
Por Kleber Costa
26/05/2015
NOVA IGUAÇU - A uma semana do Dia Mundial do Meio Ambiente, festejado no dia 5 de junho, a Prefeitura de Nova Iguaçu tem muito que comemorar. Em Tinguá e Santa Rita já foram plantadas aproximadamente 21 mil mudas nativas da Mata Atlântica, durante uma medida compensatória da primeira etapa do Arco Metropolitano que liga Itaguaí até a Rodovia Washington Luís. Até o final de 2016, serão plantadas 10.000 árvores através do projeto “Nova Iguaçu mais Verde”, da Secretaria de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Semuham), totalizando mais de 20 mil mudas durante todo o governo do Prefeito Nelson Bornier.

O plantio já foi realizado nos bairros Jardim Tropical, Santa Eugênia, Moquetá, Vila Nova, Califórnia, Engenho Pequeno, Miguel couto (corredor esportivo), Posse (Estr do Ambaí), Jardim palmares, Rodilandia, Jardim Iguaçu, Danon, Vila de Cava, Centro da Cidade, Monte Líbano, Comendador Soares, Morro da Moenda, Parque Royal, Parque dos Artistas, Jardim da Viga (Parques), Cabuçu, Jardim Guandu (KM32), Tinguá (Estr. Boa Esperança), dentre outros.

Para manter a arborização em passeio sem conflitos preservando a árvore, a Prefeitura conta com o serviço de poda de árvores e já realizou o serviço em 2.400 árvores sendo dada prioridade aos locais de grande concentração e tráfego de pessoas, evitando-se acidentes com a queda de galhos necrosados. A poda em árvores libera ainda a iluminação pública, melhorando a segurança da população. E não foi só nessa área que houve reflorestamento. A Prefeitura pretende ainda plantar 154.728 espécies arbóreas, em Santa Rita, na Serra de Madureira e no Parque Municipal Natural de Nova Iguaçu.

Apesar de todo o plantio em prol do Meio Ambiente, algumas ações criminosas e isoladas de vandalismo ocorrem na cidade. Os moradores e comerciantes de Nova Iguaçu podem fazer a sua parte denunciando esse ato de vandalismo, buscando amenizar os impactos causados. O flagrante pode ser denunciado com uma foto da ação, que deve ser enviada com o endereço para o e-mail sav.pcni@gmail.com, pelos telefones: 2666-4960/2666-49661 ramal 165 ou diretamente na sede da Semuham, na Rua Athaíde Pimenta de Morais, nº 528, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A denúncia pode ser anônima e todas as providências serão tomadas pela Prefeitura.

A SEMUHAM considera também fundamental que a população adote a planta, já que, uma árvore precisa de cerca de cinco anos para se estabelecer. O trabalho é gratuito e os interessados podem solicitar o serviço através dos telefones: 2666-4960/2666-49661 ramal 165. A SEMUHAM oferece ainda palestras sobre educação ambiental, que também podem ser solicitadas gratuitamente, por escolas, associações de moradores e grupos interessados pelo assunto.



Via PMNI
26/05/2015
NOVA IGUAÇU - O primeiro shampoo de Novex e a nova marca da categoria Transformação serão apresentados na feira

A Embelleze, que há 46 anos se dedica ao universo feminino, vai participar da 15ª edição da FIBEL (Feira Iguaçuana de Beleza). O evento será no Centro de Convenções Sul América – Cidade Nova nos dias 31 de maio e primeiro de junho. A empresa preparou dois grandes lançamentos: a família Novex Pra Bombar e a Magic Liss. 

Inspirada na fórmula que é sucesso na web, a dupla Shampoo e Tratamento Condicionante Novex Pra Bombar foi desenvolvida para ajudar no crescimento do cabelo. Sua fórmula poderosa é uma verdadeira explosão de força e nutrição: uma boa dose de vitamina A, que é essencial para o crescimento dos fios; Whey Protein para dar força; e uma medida generosa de D-Pantenol, que traz brilho, maciez e elimina as pontas duplas. 

A Magic Liss é a nova marca da Embelleze que nasceu para ser uma aliada da transformação feminina. O ativo principal é a carbosericina, um complexo tecnológico desenvolvido para promover uma defrisagem gradativa. Ela pode ser usada para obter um cabelo mais liso ou redução de volume e é compatível com todas as químicas. O resultado são sempre fios sem frizz, hidratados, sem volume e cheio de vida.

Na edição do ano passado, a Embelleze bateu recorde de vendas e para este ano trouxe uma novidade: vai comercializar os produtos, incluindo todos os lançamentos, no próprio stand, para facilitar o acesso do público. Além disso, a empresa preparou uma sala de workshops para palestras. Jornalistas e blogueiras também estão convidadas a conhecer e tirar todas as suas dúvidas sobre os produtos da marca. 

A empresa vai apresentar ainda as novidades em nuances da tintura Maxton para as próximas estações. Um dos destaques é o Maxton 12.11 Loura Platinada Mais Sensual – Cinza Intenso, pois os tons platinados prometem continuar fazendo a cabeça do público feminino. Além disso, essa nuance é capaz de corrigir efeitos indesejados do desbotamento dos louros.

“Acreditamos no potencial da feira e temos uma conexão especial com a Fibel, que também nasceu em Nova Iguaçu, e está ganhando espaço no calendário de beleza do estado do Rio”, declara o vice-presidente do Sistema Embelleze, Jomar Beltrame. “Nossa expectativa para este ano é muito grande. Preparamos dois lançamentos de produtos que vão ao encontro do que as mulheres querem: cabelos compridos e bonitos”, completa.

FIBEL – Feira Iguaçuana de Beleza - Stand 18
Dias 30-05-15 e 01-06-15
Horário: 10h às 19h

Local: Centro de Convenções Sul América / Av. Paulo de Frontin, nº 1 - Cidade Nova – Centro – Rio de Janeiro - RJ


Via Divulgação
26/05/2015
NOVA IGUAÇU - Uma explosão deixou duas pessoas feridas em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, na madrugada desta segunda-feira (25). O acidente aconteceu em uma casa no bairro Vila de Cava e deixou as duas moradoras feridas. Após a explosão, a casa desabou.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a Polícia Civil faz perícia no local. Iolanda Carvalho, de 51 anos, e Iselita Carvalho, de 50 anos, foram levadas para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, Baixada Fluminense, uma delas em estado grave.




Via R7
25/05/2015
Angélica aparece em maca em hospital após acidente
ACONTECIMENTOS - O avião onde estavam Luciano Huck, Angélica e os três filhos deles, além das babás, fez um pouso de emergência na área de uma fazenda próximo a Campo Grande, em Mato Grosso, por volta das 11h deste domingo, dia 24.

A apresentadora Angélica aparece deitada, em uma maca no hospital, Ao lado dela, o apresentador Luciano Huck aparece de mãos dadas com a mulher.

Avião em que casal de apresentadores estava 
precisou fazer pouso de emergência
Estavam na aeronave os apresentadores, seus três filhos, Eva, Benício e Joaquim, além de duas babás, um piloto e o copiloto. Segundo um comunicado da TV Globo, a família passa bem e foi levada para exames num hospital da capital do Mato Grosso do Sul".O avião saiu da Fazenda Caiman, no Pantanal, às 9h e, em seguida, fez um pouso forçado num pasto a cerca de 30km de Campo Grande.

A assessoria da Santa Casa de Campo Grande, informou ao “G1” que Angélica sofreu escoriações. Todos passam bem e seriam submetidos a exames de raio-X. Angélica está com equipe e família em Mato Grosso do Sul para gravar temporada especial do programa "Estrelas".

Segundo o Corpo de Bombeiros e a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo. A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande. Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.

Segundo o Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, nove pessoas ficaram com escoriações leves e algumas foram transportados para a Santa Casa de Campo Grande em carros particulares.

Outros, no entanto, foram levados por quatro carros de resgate dos bombeiros e ao menos um deles foi resgatado de helicóptero. "Não há vítimas fatais", disse ao G1 o coronel. Segundo o coordenador do Samu, Eduardo Cury, o copiloto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitária.

De acordo com a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo. Ainda segundo a Força Aérea, todas as pessoas que estavam na aeronave foram socorridas sem ferimentos graves. Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi deslocado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação. No fim da manhã, técnicos do Seripa 4 já foram enviados para realizar a perícia e conduzir as apurações.




Via Extra
24/05/2015
NOVA IGUAÇU - Gestores, profissionais de saúde, estudantes e a sociedade civil se reuniram ontem, no auditório da Universidade Iguaçu (Unig), durante a X Conferência Municipal de Saúde da cidade. Com o tema “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas”, os participantes debateram a situação da saúde no município e no estado, pontuaram os avanços e apontaram as necessidades para maior desenvolvimento da área.

O secretário municipal de Saúde Luiz Antônio Teixeira Júnior compôs a mesa de abertura e destacou que em 2014 Nova Iguaçu realizou 18 mil internações recebendo R$ 6 mil por cada uma delas, enquanto os dez hospitais federais, que funcionam no Rio de Janeiro realizaram juntos 61 mil, com o custo de R$ 50 mil por cada internação. Ele também falou sobre a reabertura do antigo Hospital Iguaçu.

“Travamos uma batalha judicial com a antiga mantenedora do hospital e finalmente conseguimos a posse do prédio. Em aproximadamente 60 dias abriremos uma licitação para as obras da unidade, onde vai funcionar o Hospital da Cidade de Nova Iguaçu e nosso Centro de Imagens”, anunciou Luiz Antônio.

Joé Sestello, diretor do Hospital da Posse, apresentou os indicadores da unidade e destacou as dificuldades da maior emergência da Baixada Fluminense. “Em 2012, o HGNI realizou 77 mil atendimentos, em 2014 foram 144 mil, hoje contamos 360 leitos para atender uma população de três milhões de pacientes. Nova Iguaçu tem feito o dever de casa, mas infelizmente essa conta não fecha porque estamos assumindo a responsabilidade dos municípios vizinhos, que em vez de abrir, fecham leitos”, disse.

O secretário de Estado de Saúde Felipe Peixoto afirmou que a saúde da Baixada é uma das prioridades e prometeu desafogar o Hospital Geral de Nova Iguaçu. “Sabemos da sobrecarga do Hospital da Posse e para desafogar a unidade, vamos construir o Hospital Geral da Baixada, onde funcionava a antiga Inega. Além disso, vamos abrir o Hospital de Cardiologia de Queimados”, afirmou.



Via PMNI
24/05/2015