NOVA IGUAÇU - O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, garantiu ao prefeito Nelson Bornier que Nova Iguaçu ganhará o seu próprio batalhão de Polícia Militar, até 2015. Ele observou que mesmo sendo um município menor, Mesquita já possui um quartel da PM.

“São essas coisas técnicas que nós estamos tentando arrumar, só que no seu devido tempo. Não há milagre, a coisa tem que ser feita com toda uma logística”, disse, frisando que os novos recrutas concursados este mês só estarão prontos para ir às ruas daqui a um ano.

Bornier, que estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal, vereador Maurício Morais, participou nesta quarta-feira (17), no 20º Batalhão, da solenidade de apresentação do efetivo de 200 novos PMs e da entrega de 50 viaturas, que vão reforçar o policiamento ostensivo em locais com maior incidência de criminalidade, nos municípios de Nova Iguaçu, Nilópolis e Mesquita.

“O que gente quer e vai cobrar das autoridades é total empenho no sentido de que a população da nossa cidade possa de fato viver com mais segurança e tranquilidade. Já conseguimos melhorar o policiamento na antiga Estrada de Madureira, estamos levando outra companhia da PM para a Cerâmica e agora vamos lutar para a conquista de um Batalhão somente para Nova Iguaçu”, anunciou o prefeito. 

Beltrame e o comandante-geral da PM, coronel Castro Menezes, manifestaram preocupação com a questão do recrudescimento da violência na Baixada Fluminense.

“A nossa preocupação é com a redução dos índices de criminalidade e com uma equalização da distribuição do número de habitantes por policial militar”, disse Castro Menezes, para quem, além de dar continuidade ao processo de pacificação, sua meta é também estender a sensação de segurança e a diminuição dos índices de criminalidade em todo o Estado.

“O vigésimo Batalhão, bem como toda a região do terceiro Comando de Policiamento de Área (que engloba toda a Baixada Fluminense) vem apresentando redução em alguns índices de criminalidade. E a nossa esperança é que, com mais esse aporte de efetivo e viaturas, esses índices possam cair ainda mais e que a população se sinta cada vez mais segura”, disse o oficial PM, pedindo o “afinco” dos novos policiais.

MAIOR INCIDÊNCIA DE ROUBO DE CARRO

Comandante do 20º BPM, o tenente-coronel Almir Cabral admitiu ser “vasta” a mancha criminal em Nova Iguaçu, com maior incidência para roubos de carros e de transeuntes. Ele lembrou que, além da Via Light, que sofre influência da Favela do Chapadão, no trecho da rodovia Presidente Dutra, também sob responsabilidade de sua unidade, existem 33 acessos de entrada e saída, fato que, segundo explicou, facilita a ação dos bandidos. 

Já para Beltrame, o reforço do policiamento ostensivo para a Baixada Fluminense está sendo possível graças à permanência do Exército brasileiro no complexo de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio. Segundo ele, o aumento do efetivo no 20º BPM, se dá única e exclusivamente por uma opção técnica para atender às regiões onde a mancha de criminalidade está mais latente.

O secretário negou a notícia de que os novos PMs só ficariam por um tempo determinado na Baixada Fluminense.

“Se considerarmos que a carência (de policiais) ocorre em todos os lugares, muitos batalhões também gostariam de estar recebendo, agora, 200 homens e 50 viaturas. Seria muita leviandade minha ou da própria Polícia Militar colocar os policiais aqui e depois retirar. Se faziam isso, eu não faço”, afirmou.

POLÍCIA CONSTRANGIDA

Beltrame disse que o Rio de Janeiro tem hoje “uma polícia constrangida”, que “leva pessoas para a delegacia, quatro, cinco vezes, e as coisas não acontecem”. 

“Não estou discutindo encarceramento ou não. Quem comete um delito, seja de grande monta ou de pequena monta, precisa ter uma resposta exemplar do Estado, porque senão, sem dúvida nenhuma, a polícia está sujeita a enxugar gelo”.

Na avaliação do secretário de Segurança, a polícia tem trabalhado muito, chegando a recorde de prisões e apreensões. “Mas a gente percebe um recrudescimento da violência, que ocorre por causa de algumas leis misericordiosas e a inserção do menor de idade na criminalidade”.

Beltrame citou como exemplo o esforço de 650 PMs que atuaram no último final de semana na orla da Zona Sul do Rio, detendo 30 pessoas, das quais apenas seis permanecem presas.

“Os outros estão aí (soltos) para que a polícia trabalhe de novo. A sociedade precisa estar alerta para esta questão. Segurança Pública não é somente polícia, Segurança Pública é um sistema que envolve leis, Judiciário, Ministério Público, política para menor de idade e o sistema prisional. Tudo isso é uma corrente e um elo dessa corrente é a Polícia”, observou, frisando que os outros componentes de Segurança Pública nunca são cobrados.

“Me sinto à vontade para falar isso, exatamente porque nós, no mês passado, tivemos 3.507 prisões e, mesmo assim sentimos um movimento de recrudescimento da violência. Quer dizer que nesta corrente (da Segurança Pública) alguma coisa está errada. Mas a polícia está fazendo o seu papel”, afirmou.

A solenidade contou também com a presença dos vereadores Carlão Chambarelli, Denilson Ambrósio, Marcelo Nozinho e Juninho do Pneu.




Via PMNI
16/09/2014
NOVA IGUAÇU - A universitária Angélica Bonfim, de 32 anos, perdeu a conta de quantas vezes pediu aos motoristas de ônibus que não urinassem em frente a sua casa, na Via Light, no bairro da Luz, em Nova Iguaçu. Cansadas de escutar grosserias, a estudante de direito e a mãe, Maria Célia, decidiram processar seis empresas de ônibus. Em junho deste ano, ganharam a primeira ação, contra a Viação Nossa Senhora da Penha.


— Faz tempo que os motoristas elegeram o nosso portão para urinar. O cheiro fica horrível e, às vezes, até escorre para dentro de casa — conta Angélica: — Quando pedimos para parar, eles nos xingam e ameaçam.

A Nossa Senhora da Penha foi condenada pela Justiça a pagar R$ 5 mil por danos morais e mais R$ 1 mil a cada reincidência. A luta de Angélica continua contra a Viação São José, Nilopolitana, Master, Rio Minho e Evanil.

Antes de procurar um advogado, a estudante diz ter tentado registrar queixa na 52ª DP (Nova Iguaçu):

— O inspetor se recusou a registrar e disse que urinar na rua não é crime. Como é crime no carnaval do Rio e não em Nova Iguaçu? Um absurdo. Decidi fotografar tudo.

Angélica tem pastas repletas de flagrantes de motoristas urinando na rua. Alguns deles urinam até pela porta aberta, enquanto o ônibus está em movimento.

— Pode ser considerado um caso de atentado ao pudor — afirma o advogado da família, João de Barros.

A assessoria da Polícia Civil informou que o delegado titular da 52ª DP, Júlio da Silva Filho, desconhece a falta de atendimento e pediu que Angélica volte à delegacia. Ele disse que urinar em via pública é crime e o fato deve ser investigado.

Procurada, a Viação Nossa Senhora da Penha alegou que o responsável não estava na empresa. A Evanil informou que desconhece a reclamação e que vai esperar a decisão da Justiça. Já a Master disse que a empresa não responde pelos atos criminosos dos funcionários e que já encaminhou o processo para o motorista responder sozinho. A Viação São José e a Rio Minho não responderam a solicitação. A Nilopolitana não foi encontrada para comentar o caso.



Via Extra
17/09/2014
Dono do Curso foi preso em flagrante por estelionato
NOVA IGUAÇU - Instituto Brasileiro Profissional (Ibep) foi fechado pela segunda vez.
Suposta faculdade cobrava R$200 por cursos que não eram reconhecidos.

A polícia fechou pela segunda vez uma instituição em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, que oferecia cursos de graduação e pós-graduação à distância. Como mostrou o Bom Dia Rio nesta quarta-feira (17), o local não tinha autorização do Ministério da Educação para ministrar aulas. O Instituto Brasileiro de Educação Profissional (Ibep) não é reconhecido pelo MEC e já havio sido fechado no fim de agosto deste ano, mas voltou a funcionar informando aos alunos que havia feito uma parceria com uma faculdade particular. Era mentira, mas muitos alunos acreditaram.

O delegado foi de sala em sala com a explicação que nenhum aluno gostaria de ouvir: o curso era um golpe. "Não existe o curso, ele estava perpetuando o golpe. Peço que os senhores não acreditem mais, não existe graduação à distância neste sistema que ele vem oferecendo”, disse.

Professores de verdade

Delegado explicou de sala em sala aos alunos que o curso não era certificado pelo MEC
Segundo as investigações, as aulas eram dadas por professores de verdade. A mensalidade custava R$200 e depois de concluir o curso o aluno recebia um diploma, que não tinha validade. Emanuel Alexandre de Melo, um dos alunos lesados, disse que uma reunião foi feita com os alunos para explicar o novo golpe.

"Passou duas semanas eles fizeram uma reunião conosco, com todos os alunos, trouxe uma pessoa dizendo que era da Fabra [faculdade do Espírito Santo] e ia legalizar tudo, semana retrasada não teve aula e hoje ia ter, dizendo que estava tudo certo.

Josué Rodrigues dos Santos, assistente técnico, estudava há um ano e meio o curso de serviço social. “Essa universidade Fabra iria nos acolher desde o periodo em que nos paramos, iam dar continuidade, quem tá aqui é porque acreditou, agora vou ter que começar do zero em outra universidade. Eu tenho 40 anos, imagina com quantos anos eu não vou sair da faculdade”, lamentou.

A universidade Fabra, do Espírito Santo, que teve o nome usado pelos golpistas, declarou que não têm convênios com nenhum instituto do estado do Rio. A equipe de reportagem tentou falar com o advogado dos donos do curso, mas não conseguiu contato.

Durante a operação da delegacia do consumidor, Marcos José Bouchuid, dono do curso, foi preso em flagrante por estelionato. Para o delagdo que investiga o caso, o Ibep é uma espécie de franquia criminosa do Instituto Ômega, que funcionava em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e foi fechado pela polícia em agosto por também oferecer diplomas falsos.

Material de campanha
 
Na operação de terça-feira, os agentes também encontraram material de campanha em uma das salas. A polícia agora vai ouvir alunos, funcionários e representantes da igreja que alugou o terreno para o curso, pra descobrir como o esquema todo funcionava.

“Inicialmente ele se valia da proximidade dele com a igreja pra transmitir veracidade no fato, aí ele procurava na internet os modelos e apresentava aos alunos, tinha o cuidado de contratar professores de verdade e no final imprimia um diploma falso, que não era reconhecido em lugar nenhum”, disse o delegado.


Via G1
17/09/2014
Claudomiro entre os policias Fábio e Silva na 58ª DP
NOVA IGUAÇU - Um homem foi preso na tarde da última segunda-feira, por policiais da 58ª DP (Posse) em Nova Iguaçu, acusado de abusar sexualmente da filha adolescente. Os agentes cumpriram um mandado de prisão contra o acusado expedido pela 4ª Vara Criminal do município.

Segundo investigações, o crime aconteceu em 2011 quando a vítima, então com 17 anos, morava numa casa em Austin com os pais e mais cinco irmãos menores de idade, além de um bebê de 2 anos, filho da jovem. Após denúncias de vizinhos sobre abusos e maus tratos contra os filhos, o Ministério Público determinou que o Conselho Tutelar realizasse uma inspeção na residência localizada na Praça do Batuta, onde os fatos foram confirmados.

No relatório apresentado ao MP, consta o relato da adolescente, segundo o qual, ela sofria constantes abusos do pai, identificado como Claudomiro do Nascimento Perez, 37. O conselheiro também citou no documento a suspeita de que a criança seria fruto desse relacionamento. A mulher do acusado, Sueli Castro de Souza, 36, não é citada no relatório como co-autora do crime.

De acordo com a polícia, até a prisão do marginal, ele continuava morando na mesma casa com os filhos e a esposa, com exceção da vítima dos abusos, que está casada e residindo em outro bairro.


Via Jornal Hora H
17/09/2014
NOVA IGUAÇU - Uma dupla execução no centro de Austin, em Nova Iguaçu, está sendo investigada pela DHBF (Divisão de Homicídio da Baixada Fluminense). O crime aconteceu na tarde de ontem, na Rua Dr. Renato, por volta das 14h30 quando as vítimas estavam numa motocicleta.

De acordo com informações, um dos homens trabalhava como mototaxista próximo a passarela sobre a linha férrea da região. O outro morto pode ser um passageiro. De acordo com testemunhas, as vítimas foram surpreendidas por homens armados que estavam em um carro, cuja placa não foi identificada.

Uma das hipóteses para a linha de investigação é a de que o condutor seria o alvo dos assassinos. As vítimas foram atingidas pelas costas com vários tiros, e caíram a uma distância de 3 metros um do outro. O trecho onde aconteceu o crime ficou congestionado e parte da pista só foi liberada após a retirada dos corpos.

Até o fechamento desta edição, a polícia não havia divulgado a identidade dos mortos.



Via Jornal Hora H
17/06/2014
NOVA IGUAÇU - Alguns focos de incêndio atingiram os parques estaduais da Pedra Branca e do Mendanha, na Zona Oeste, que também tem extensão em Nova Iguaçu, na conhecida popularmente como Serra de Madureira, na noite da última segunda-feira e também na manhã de ontem. De acordo com informações do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o fogo já teria consumido uma área superior a 60 campos de futebol do Estádio do Maracanã. Na manhã e tarde de ontem, ainda era possível ver focos de incêndio. Bombeiros foram acionados para tentar apagar os focos.

Um helicóptero da Polícia Militar foi utilizado para lançar água sobre as chamas. A suspeita é que o fogo tenha começado com uma queimada e se espalhado por causa do tempo seco. Porém, não se descarta a hipótese do fogo ter sido provocado por balões.

Moradores da região de Cabuçu, em Nova Iguaçu entraram em contato com as autoridades para alertar sobre o fogo que se alastrava rapidamente, por conta do forte vento.

O Corpo de Bombeiros informou que 22 militares trabalharam para combater as chamas junto com os guardas-parques que atuavam na mata.



Via Jornal Hora H
17/06/2014
NOVA IGUAÇU - As obras de saneamento básico estão agraciando moradores de alguns bairros em Nova Iguaçu, porém, não é o caso de Austin. Moradores da Rua Abreu Filho relatam que há mais de um ano os moradores sofrem com o esgoto a céu aberto, como se pode ver na foto. Por conta da falta de esgoto adequado, alguns moradores, inclusive crianças, já foram encaminhadas ao hospital e diagnosticadas com infecção intestinal, causada por bactéria vinda das fezes. Atenção a esta localidade Prefeito de Nova Iguaçu.



Via Jornal Hora H
17/06/2014
NOVA IGUAÇU - Até amanhã, os alunos da rede municipal de ensino de Nova Iguaçu participam da Caravana da Ciência. No total, 2.100 estudantes de 60 escolas visitarão, no Ginásio esportivo da UNIG, a sala de exposições, o planetário inflável, jogos e experimentos científicos interativos, das 10h às 16h.

Alunos da Escola Municipal Três Marias, Breno Lucas Ferreira e Robert Farias de Souza, do 4º e 5º anos, ficaram entusiasmados com o que viram. Lucas, por exemplo, gostou ver as constelações no planetário inflável.

Já Maria Gabrielle da Silva Mendes, do 8º ano, da Escola Municipal Ruy Berçot de Mattos, ficou de cabelos arrepiados durante a experiência de Eletrização, que pode ocorrer de três maneiras: atrito, contato e indução. Para reproduzir estes processos é utilizado um equipamento chamado Gerador de Van de Graaff.

A Caravana é um centro de ciências itinerante, que tem o objetivo de oferecer aos alunos e professores um ambiente de educação informal, onde tenham um contato lúdico, direto e dinâmico com ciências. De acordo com a Coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação, Cristina Bilheiro, as visitações fazem parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que acontecerá de 13 a 17 de outubro.


Via Jornal Hora H
17/09/2014
NOVA IGUAÇU - A secretaria de Assistência Social de Nova Iguaçu iniciou nesta terça-feira (16.09), a entrega dos kits do programa Leite Social, que começou no bairro Vila de Cava e vai até o dia 3 de outubro. Ao todo, 9.225 famílias são beneficiadas no programa do leite na cidade. O objetivo da distribuição visa reduzir ao máximo as deficiências nutricionais da população carente que esteja na linha abaixo da pobreza.

A distribuição do leite acontece a cada dois meses, nos bairros carentes, onde os beneficiários cadastrados fazem a retirada do leite em pó. Para participar do programa, a família precisa ter crianças de até sete anos, idosos a partir de 65, gestantes, nutrizes e pessoas com necessidades especiais.

Para a secretária de Assistência Social, Cristina Quaresma, o programa vem para somar as ações sociais implantadas no governo. “Priorizamos, sobretudo, quem já está cadastrado nos programas Bolsa Família e Renda Melhor. Estamos aqui para provar que assistência social é para todos”, explicou.

A satisfação pôde ser vista no rosto de Juliana Monteiro, 24, cadastrada há um ano no programa e mãe de uma menina de seis. “Essa iniciativa facilita a minha vida e de muitas pessoas com baixa renda. Fico muito agradecida por ter condições de dar o leite a minha filha”, comenta Juliana.

A entrega continuará durante a semana. Na quinta-feira (18/09), a distribuição de leite acontece no Centro de Assistência Social Jardim Nova Era, de 9h às 12h. Na sexta-feira (19), o leite social será entregue em dois pontos: na Igreja Católica Nossa Senhora da Glória e São José, em Dom Bosco, e na Igreja Batista Pentecostal da Cidadania, no Km 37, das 9h às 12h.





Via PMNI
16/09/2014
NOVA IGUAÇU / MATO GROSSO DO SUL - A Polícia Rodoviária apreendeu na noite de sexta-feira, 12, quase 800 quilos de maconha em um veículo GM/Cobalt, com placas de Nova Iguaçu/RJ.

Durante fiscalização de rotina, por volta das 23h, no km 15 da MS 164, ao suspeitarem da alta velocidade empreendida pelo veículo, os policiais militares da Base operacional de Vista Alegre deram ordem de parada ao condutor.

No entanto o motorista não obedeceu a determinação, e, inclusive, jogou o veiculo em direção aos policiais que se esquivaram para não serem atropelados.

Durante acompanhamento tático, com a Base em alerta e acionada para montar outro bloqueio, o condutor tentou se esconder em uma borracharia, mas foi visto pelos componentes da viatura policial.

Ao alcançarem e abordarem o veículo os policiais constataram que o autor se tratava de um adolescente de 17 anos.

Dentro do automóvel foram encontrados vários fardos contendo tabletes de maconha. Ao todo, a droga pesou aproximadamente 756 kg.

Veículo, autor e droga foram encaminhados para a Delegacia de Policia Civil de Maracaju.



Via Jornal Agora MS
16/09/2014