NOVA IGUAÇU - Sob sol forte, a presidenta Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, participou ontem de duas carreatas de campanha, no Rio de Janeiro.

O candidato do PRB ao governo fluminense, Marcelo Crivella, acompanhou Dilma na carreata em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Luiz Fernando Pezão, que disputa a reeleição pelo PMDB, foi com a candidata à carreata em Padre Miguel, na zona oeste da capital. Militantes e simpatizantes dos candidatos acompanharam a pé a carreata e moradores acenaram da janela dos apartamentos. Por causa da comemoração do Dia do Comércio, poucos estabelecimentos estavam abertos.

Ao falar à população antes de sair em carreata, em cima de uma caminhonete, em Nova Iguaçu, Dilma voltou a destacar o aumento do emprego no país nos últimos anos e pediu que a população defenda, pelo voto, as conquistas sociais e econômicas. “Quero pedir a vocês, que votem em nós, porque temos uma concepção (de governo) que coloca as pessoas no centro de tudo, não somos aqueles que só pensam nos banqueiros e nos juros”, afirmou.

A candidata criticou o projeto político de seu adversário no segundo turno, o tucano Aécio Neves, classificando suas propostas de “retrocesso”. Depois, citou programas geridos em seu governo, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha vida, o ProUni (Universidade para Todos) e o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). “Vamos dizer um não ao retrocesso, à volta atrás, à perda de direitos”, afirmou Dilma, sob intensos aplausos, no bairro de Cabuçu, onde circulou a carreata.

Por fim, destacou que a melhoria de vida da população, apesar do esforço individual de cada pessoa, só possível devido ao clima econômico do país. “Sei que vocês melhoraram nos últimos 12 anos, sei que quem é responsável é cada um [de vocês], que batalhou para melhorar de vida, mas sei também que ninguém consegue sozinho crescer na vida. Todos precisam de união e oportunidade, e meu governo criou oportunidades.”

Em Padre Miguel, a candidata percorreu de caminhonete o Conjunto Habitacional Cardeal Dom Jayme Câmara, considerado o maior do estado, mas não deu declarações. Além de Pezão, participaram do ato o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e os deputados estaduais reeleitos Carlos Minc e Paulo Melo.

Na Baixada, discurso ao lado de Marcelo Crivella

Ao lado de Marcelo Crivella, candidato do PRB ao governo do Rio, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, fez um 10 com as mãos em alusão ao número de Crivella, na Praça de Cabuçu, em Nova Iguaçu, após a chegada da carreata que percorreu as principais ruas do bairro, e contou também com as presenças de Garotinho e Lindberg. Em discurso, Crivella pediu ao povo do Rio um voto de gratidão em Dilma:

"Presidenta, o povo da Baixada recebe a senhora com carinho e gratidão. Ninguém fez mais pelo nosso estado do que a senhora e o presidente Lula. Sempre digo a eles da coragem que a senhora teve, ao enfrentar uma vaia estrondosa de mais de cinco mil prefeitos, ao defender os royalties do petróleo do Rio de Janeiro e, posteriormente ao vetar o projeto que tirava recursos do Rio. Temos uma enorme dívida de gratidão com a senhora, por isso peço sempre ao povo do Rio que vote 13 no dia 26", afirmou Crivella.

Ao falar com o povo na praça, Dilma pediu aos fluminenses que saibam diferenciar os que defendem o emprego e o salário dos que só pensam nos banqueiros e nos juros, e pediu o voto de confiança à sua reeleição. Organizadora da carreata em Cabuçu, a deputada federal eleita Rosangela Gomes (PRB) foi apresentada à presidenta, que elogiou o evento e pediu a Rosangela que a ajude em Brasília. 

Eleitor de Garotinho no primeiro turno, o promotor de vendas Jorge Roberto Oliveira, de 48 anos, morador do Engenho Pequeno, em Nova Iguaçu, dá as razões para votar em Crivella agora:

"Assim como o Garotinho, o Crivella sempre teve preocupação com o social. Estou com ele agora porque é um cara sério e responsável. Com certeza no governo ele vai olhar pelos menos favorecidos", argumentou Jorge.

Eleitora fiel do PT, a secretária Tânia Barcellos, de 48 anos, moradora do Centro de Nova Iguaçu, esteve com Lindberg no turno inicial, e agora apóia a frente do bem liderada por Crivella:

"O Pezão representa a continuidade do governo do Cabral, que tanto mal fez ao povo do Rio. Eles só governam para os ricos. Acredito no Crivella, um cara que sempre esteve ao lado do PT e que tem ótimas iniciativas sociais", disse Tânia.


Via Jornal de Hoje
21/10/2014
NOVA IGUAÇU - Com a represa quase vazia e árvores ressecadas, reserva de Nova Iguaçu não tem previsão para ser reaberta

A falta de chuvas atingiu em cheio o Parque Municipal de Nova Iguaçu. A represa, que antes transbordava, chegou a um nível preocupante. As árvores perderam suas folhas e, ressacadas, tornam difícil dizer que estamos em plena primavera. Os portões estão fechados para os visitantes há cerca de um mês.

— Só reabriremos quando a água voltar ao seu nível habitual. Temos que garantir a sobrevivência dos animais — explica o gestor do parque, Edgar Martins.

Para ele, o maior risco é que as queimadas, iniciadas em propriedades particulares no entorno, se espalhem e atinjam a mata:

— Pedimos que as pessoas parem de causar incêndios perto do parque. Se os bombeiros demoraram três dias para apagar o fogo no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, imagina em Nova Iguaçu, que não tem a mesma estrutura. O nosso parque vai desaparecer.

Ontem, Edgar Martins se reuniu com representantes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Eles criaram um plano de contingência para aumentar a fiscalização e impedir os incêndios.


Via Extra
21/10/2014
NOVA IGUAÇU - A Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu receberá inscrições nesta quinta e sexta-feira, dias 23 e 24, para o Processo Seletivo Simplificado do Projovem Urbano/ Edição 2014. Serão contratados professores ou educador de áreas específicas do Ensino Fundamental, de Participação Cidadã, de Qualificação Profissional, para Coordenação Pedagógica entre outros, num total de 48 vagas.

Os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Educação, das 9h às 16h. De acordo com a Coordenadora do Projovem, Zélia Veronezi Louredo, a seleção simplificada será feita por meio de análise curricular, prova de títulos e do comprovante de experiência de cada candidato. Segundo Zélia, as vagas serão preenchidas prioritariamente por servidores do quadro efetivo da Prefeitura, embora a seleção seja aberta aos demais profissionais.

Na quinta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h, o atendimento será para funcionários da Rede Municipal e na sexta para o público em geral no mesmo horário. São 18 meses de formação com remuneração que varia de R$ 1.200,00 a R$ 3.500,00.

Os selecionados irão atuar em um dos três pólos localizados nas Escolas Municipais Dr. Froes Machado (Valverde), França Carvalho (Prata) e Marinete Cavalcante de Oliveira (Comendador Soares), que também estão recebendo inscrições para estudantes de 18 a 29 anos, das 7h às 16h. Neste caso, os interessados precisam apenas ser alfabetizados e ainda recebem uma bolsa auxílio de R$ 100.

A Secretaria Municipal de Educação está localizada á Rua José de Alvarez, 330- Centro de Nova Iguaçu.


Via ZM Notícias
21/10/2014
NOVA IGUAÇU - Os peemedebistas e aliados que acompanharam Maria Lúcia Jardim no corpo a corpo pró Pezão no centro comercial de Nova Iguaçu exultaram com o desempenho da Primeira Dama do Estado nesta reta final de campanha. Acompanhada por cerca de 5 mil mulheres, mobilizadas ao longo da semana pelo prefeito Nelson Bornier, Maria Lúcia esbanjou simpatia, vitalidade e carisma ao disputar, sábado último, debaixo de quase 40 graus, eleitores indecisos no principal centro comercial da Baixada Fluminense.

No meio da mulherada, na comissão de frente da caminhada, estavam Bornier e seu filho Felipe, o deputado federal mais votado de Nova Iguaçu e da Baixada Fluminense. Lucir Bornier, Érica Calazans, Ana Paula e Daniele Guerreiro, primeiras damas das cidades de Nova Iguaçu, Nilópolis, Queimados e Mesquita, respectivamente.

Pezão só não participou do evento porque estava ao lado de Romário em São Gonçalo. Maria Lúcia caminhou um quilômetro pelo calçadão da Avenida Governador Amaral Peixoto e ainda encontrou disposição para, ao lado das mulheres de alguns prefeitos da Baixada, subir no palanque para convocar a militância feminina a permanecer nas ruas pedindo votos para Pezão até domingo próximo.

“Com meu pezinho e com o Pezão quero fazer um Rio de Janeiro mais justo”, disse Maria Lúcia na praça Rui Barbosa, centro de Nova Iguaçu, ponto de partida da caminhada das mulheres de Nova Iguaçu e da Baixada Fluminense.

O prefeito de Nova Iguaçu, coordenador da campanha de Pezão na região da Baixada, destacou que o governador o ajudou muito na luta para reabrir a maternidade Mariana Bulhões e na construção de 11 clínicas da família e de quatro unidades de emergência. É da tradição da ação política de Bornier convocar, nas eleições, mulheres para caminharem no centro comercial na defesa de políticas públicas para os setores de saúde, educação, segurança pública, transportes e meio ambiente.


Via ZM Notícias
21/10/2014
NOVA IGUAÇU - O evento aconteceu na Praça Santos Dumont durante o fim de semana e serviu para reunir artistas da região. Foram várias horas de poesia, música e bom papo. O encontro é uma organização das Secretarias de Cultura, Assistência Social e Fenig. Além de mostrar os artistas da terra, o objetivo do Sarau é também de ocupar a Praça Santos Dumont. A intenção é que o local se transforme em um ponto de cultura onde as famílias possam se reunir para ouvir boa música, poesia e ainda ter acesso a uma biblioteca.

“Gostei muito. Antes tinha até medo de passar por essa praça. A ideia foi muito boa espero que continuem acontecendo encontros como esse”, ressaltou a estudante Tacila Avelar que costuma passar pelos arredores. O evento contou com as participações dos músicos Bernardo LeGrand, Bruno Santos, Guilherme Pinheiro, Myle MC e Vinicius Oliveira. “Tivemos a presença dos poetas iguaçuanos, coletivo Fulanas de Tal, Luiz Coelho Medina, Poeta e Professor de dramaturgia Guarnier,Lírian Tabosa grande poeta da cidade, Elizabeth Gomes e Eliane Gonçalves nossa querida contista”, informou Roberta Gomes, da Secretaria de Cultura.

Aconteceram ainda sorteio de CDS, do Átomo-Usal e livros dos poetas convidados, tenda de incentivo a leitura organizada, por Roberta Gomes Miranda, Elizabeth Gomes, Monica Jordão, Kleber Luiz e Mariane Marques com títulos para todos os gostos. O fechamento ficou por conta do mestre de capoeira, Jamaica e a equipe de som de César Renato. “É mais uma iniciativa desse governo que tem como uma de suas finalidades incentivar a Cultura no município”, resumiu o secretário de Cultura Wagner D’Almeida.



Via ZM Notícias
21/10/2014
NOVA IGUAÇU - Policiais da Delegacia da Posse (58ª DP) investigam o desaparecimento do sobrinho do secretário de Defesa Civil e Ordem Pública de Nova Iguaçu, Luiz Antunes, ocorrido na noite da última quinta-feira. Delcimar Barroso Lopes, conhecido como ‘Nem’, teria sido vítima de um assalto seguido de sequestro no bairro Engenho Pequeno, em Nova Iguaçu.

Um parente da vítima publicou em sua página no Facebook um apelo para que seus amigos compartilhem a foto do primo. Segundo informações dele, o jovem dirigia um Peugeot branco e teria sido abordado por homens que estavam em um Honda Civic prata, que já teriam cometido outros roubos na região, segundo relatos de moradores.

Os agentes investigam a suspeita de que marginais teriam levado a vítima para que, no dia seguinte, realizassem saques bancários em caixas eletrônicos, uma vez que durante a noite o limite de saque é reduzido justamente para segurança dos clientes.

A família informou ainda que a vítima usava camiseta, short e chinelo. O telefone celular de Nem, que ontem chamava e ninguém atendia, já está com sinal de desligado. Quem tiver informações que possam ajudar a polícia a solucionar o caso pode ligar para o Disque-Denúncia (2253-1177).



Via Jornal Hora H
20/10/2014
NOVA IGUAÇU - A duplicação do Viaduto da Rua Barros Junior com previsão de conclusão para dezembro de 2015 é uma mega-obra avaliada em R$ 28,09 milhões. O projeto terá duas pistas de rolamento, ciclovia e faixa isolada para pedestre com mureta de proteção (guardrail). O entorno vai ganhar ainda área urbanizada, com a criação de 6 mil metros quadrados de área verde.

A nova pista da duplicação terá 434 metros de extensão e vai ligar os dois lados da cidade sobre a rodovia Presidente Dutra, a partir do conjunto habitacional Tertuliano Potiguara, desembocando na Estrada de Iguaçu.

CORREDOR VIÁRIO DA ESTRADA DE IGUAÇU

De acordo com o secretário municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Rubens Borborema, com a duplicação do viaduto, a capacidade passará para sete mil veículos por hora nas duas pistas. “Isto vai permitir que o volume atual, que é de cinco mil veículos por hora, por faixa, em horário de pico, possa fluir com folga, sem os engarrafamentos diários”.

Com capacidade de 3.500 veículos/hora, por faixa, o atual viaduto, além de servir de corredor viário da Estrada Iguaçu com o Centro da cidade, é também um dos principais acessos à Via Dutra.

O secretário Borborema explicou que, com a duplicação do viaduto, sua capacidade passará para 7 mil veículos/hora, nas duas pistas. “Isto vai permitir que o volume atual, que é de 5 mil veículos/hora, por faixa, em horário de pico, possa fluir com bastante folga, sem os engarrafamentos diários.


Via Jornal Hora H
20/10/2014
NOVA IGUAÇU - Ao cair em cima do braço brincando na rua com os amigos, em Queimados, Fabrício Marques, de 9 anos, teve medo ao saber que faria uma operação e ficaria internado. Ele só não imaginou que teria momentos de prazer nesta experiência. No Hospital da Posse, onde ficou na ala da pediatria, o estudante aprendeu a reciclar e, de quebra, escreveu um livro sobre sua história.

— Eu não tinha ideia de que o lixo poderia ser reciclado. Gostei muito de saber que ele pode virar outras coisas, em vez de ser jogado fora — comentou Fabrício.

Assim como ele, outras crianças que passaram pela pediatria da mesma unidade puderam aprender com o projeto “Reciclarte”, que transforma parte do lixo comum produzido no hospital em peças de decoração e brinquedos usados em eventos comemorativos e atividades para as crianças internadas na pediatria.

O projeto garantiu ao hospital de Nova Iguaçu o prêmio “Amigo do Meio Ambiente”. A iniciativa, promovida pela ONG internacional Hospitais Saudáveis, premia unidades de saúde — públicas e privadas — pelas boas práticas no incentivo à conscientização ambiental.

— É um orgulho grande receber esse prêmio, mérito de toda uma equipe. O reaproveitamento de materiais e o descarte correto do lixo são uma forma importante de prevenção às doenças — afirmou o secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior.

Uma das idealizadoras do projeto, a enfermeira Solange Costa Miranda diz que a unidade foi a única do estado a receber o prêmio este ano.

— Eu entrei na parte de resíduos do hospital e percebi que muita coisa boa estava sendo jogada fora — relembra a enfermeira.

De acordo com ela, as ações de sustentabilidade começaram a ser desenvolvidas no ano passado na unidade.



Via Jornal Extra
20/10/2014

NOVA IGUAÇU - Perder uma hora de sono ou ganhar uma hora de luz? A partir de meia-noite começa o horário de verão, quando os relógios devem adiantar 1 hora. Para quem gosta de aproveitar a beleza da cidade até o pôr do sol, um motivo para comemorar. Já para o carioca que acorda cedo para trabalhar, uma noticia nem tão boa assim- pelo menos até o relógio biológico se acostumar.

A expectativa do meteorologista do Climatempo Marcelo Pinheiro é que a temperatura neste domingo fique em torno de 42 graus, batendo o recorde do ano. Na segunda-feira, uma frente fria chega à cidade. Sentada na mureta da praia da Urca, a psicóloga Ana Cristina Gontijo, de 33 anos, observava o poente atrás do morro do Pão de Açúcar. "Nesta cidade o horário de verão deveria se tornar definitivo. Tenho a sensação que o dia dura mais", disse a mineira, que mora no Rio há 5 anos.

A opinião é reiterada pelas estudantes Lívia Orofino e Ester Leitão, ambas de 18 anos. “Saio do colégio às 18h e com o horário de verão ainda dá tempo de dar uma passadinha na praia”, disse Lívia. “Vale a pena sentir a sensação de acordar mais cedo. O tempo claro tem muito mais a ver com o Rio”, afirmou Bruna. 


Fim de semana será de muito calor, mas frente fria chega na segunda

Segundo meteorologistas, a temperatura no primeiro dia do horário de verão deve ultrapassar o recorde do ano, de 41,6 registrado na última terça-feira. De acordo com o instituto Climatempo, a previsão para hoje é de mínima de 22 graus, e máxima de 40. Neste domingo, a mínima também deve ser a mesma, mas a máxima deve chegar aos 42. O que está causando as altas temperaturas é uma forte massa de ar quente que passa pelo estado. “Diferente do que pensam, na primavera, o tempo tende a ficar mais seco e registramos as maiores temperaturas”informou a meteorologista Bianca Lobo.Segundo a previsão, deve esfriar na segunda-feira, com a entrada de uma frente fria, que vai provocar chuva no final da tarde.


NOVA IGUAÇU - O presidente da Cedae, Wagner Victer, garantiu ontem que a Região Metropolitana não corre risco de sofrer com a falta d’água, apesar da estiagem. Segundo ele, a água que vem do Sistema do Guandu tem uma concepção de engenharia diferente da estrutura de São Paulo, que usa reservatórios: “O Guandu trabalha com produção contínua de transferência de água do Rio Paraíba do Sul”. 

Victer salientou ainda que a estação está tendo uma produção com picos de 45 mil litros por segundo — acima da vazão normal que é de 43 mil litros por segundo. A garantia de que não haverá desabastecimento foi dada na inauguração de obras em Pedra de Guaratiba. Lá foram instalados 4,2 quilômetros de tubulações, em um investimento de R$ 4 milhões. 

Na semana que vem, a Cedae inaugura obras no Complexo do Turano; no Sistema de Guarabu, na Ilha; e nos municípios de Itaipuaçu e Inoá, em Maricá. Outras melhorias estão sendo executadas, segundo Victer, em Bangu, Barra de Guaratiba, Campo Grande, Guaratiba, Santíssimo e Santa Cruz. Para Nova Iguaçu e Duque de Caxias, Victer destacou que há um contrato assinado entre os governos federal e estadual, no valor de R$ 3,6 bilhões.


Via O Dia
17/10/2014