NOVA IGUAÇU - Criminosos usaram coletes semelhantes aos da polícia para roubar carro, dinheiro e pertences. Entre as vítimas havia um PM que teve a arma levada pelos ladrões.

Vestidos com coletes semelhantes aos da Polícia Civil, oito ladrões invadiram o Motel Medieval, na Rodovia Presidente Dutra, altura de Nova Iguaçu, e acabaram com a tarde romântica de pelo menos 10 casais no Domingo de Páscoa. Desses, apenas quatro compareceram à delegacia para registrar o crime. Os bandidos fugiram levantado um Honda Civic, celulares, alianças, relógios, cartões, documentos e pouco mais de R$800 em espécie.

O estabelecimento fica no bairro da Posse, na pista sentido São Paulo. Os clientes foram mantidos reféns durante cerca de três horas. Entre as vítimas, um PM que perdeu a arma e a identidade funcional.

"Ligaram para o quarto oferendo uma promoção de Páscoa. Eu disse que não queria, e, logo depois, a campainha tocou. Abri a porta, e um homem com colete disse que fazia operação policial e procurava bandido que estava em um dos quartos do motel. Depois, mandou ir para o corredor", contou uma das vítimas, relatando que o criminoso aparentava ter cerca de 45 anos.

Ao chegar no corredor, ele percebeu que havia outros sete homens de colete - pelo menos três deles armados - e mais de 20 pessoas retiradas de outras suítes. Todos receberam ordem para permanecer de cabeça baixa e entregar todos os pertences.

ANÁLISE DE IMAGENS


Responsáveis pelas investigações, policiais de 58ª DP (Posse) acreditam que o valor roubado seja maior. No entanto, além de duas camareiras e uma telefonista, apenas oito pessoas compareceram à delegacia.

"Provavelmente, os outros casais não estavam acompanhados por seus parceiros oficiais e não teriam como explicar em casa o que faziam em um motel na tarde do Domingo de Páscoa", disse um dos agentes.

A polícia vai requisitar as imagens gravadas pelas câmeras do circuito de segurança do estabelecimento comercial na tentativa de verificar se algum dos criminosos teve o rosto filmado.

Via Jornal O Dia
Por Roberta Trindade
22/04/2014
NOVA IGUAÇU - Segundo denúncia de leitor, obra da empresa Carioca Engenharia estourou adutora da CEDAE em Nova Iguaçu. A empresa teria feito um aterramento com altura de aproximadamente 30 metros sobre as adutoras da CEDAE. A CEDAE encontra muita dificuldade para chegar ao local, devido a condições de Via.

Moradores da Rua do Encanamento, no Bairro da Figueira, reclama que a água que chega em suas residências chega imprópria para o consumo, devido a estar suja e barrenta.

Mande sua denúncia para nós: fala.noticia@gmail.com



Via Notícias de Nova Iguaçu
NOVA IGUAÇU - A partir do dia 24 de abril, todos os postos de saúde de Nova Iguaçu vão oferecer a vacina contra a gripe. A campanha do Ministério da Saúde “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”, traz uma novidade este ano: a ampliação da faixa etária para crianças de seis meses a menores de cinco anos. No ano passado, o público infantil foi de seis meses a menores de dois anos. Além dos pequenos, o público-alvo da campanha é integrado por pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis também devem se vacinar.

Nova Iguaçu recebeu a primeira remessa composta por 75 mil doses da vacina e a meta é imunizar 80% do público-alvo. O secretário de Saúde de Nova Iguaçu, Dr. Luiz Antônio Teixeira Júnior, destacou a importância do lançamento da campanha nesta época do ano. “A gestão do prefeito Nelson Bornier tem apostado em ações de prevenção e a campanha do Ministério começa num momento muito oportuno. Estamos nos preparando para o inverno, a estação mais propícia para a gripe, por isso, é importante ser imunizado o quanto antes para que quando a estação mais fria do ano começar, as pessoas já tenham produzido anticorpos e estejam imunizadas”, explicou. O período de maior circulação da gripe é de final de maio a agosto.

A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Cuidados simples como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal ajudam na prevenção da doença.

Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe - especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações - devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Reações Adversas – Após a aplicação da vacina, podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema, que é a vermelhidão da pele, e a rigidez do local onde a vacina foi aplicada. Esses efeitos passam, na maioria das vezes, em 48 horas. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.



Via ZM Notícias
21/04/2014
NOVA IGUAÇU - Faltando três dias para a Páscoa, apesar dos altos preços e das reclamações dos consumidores, por causa do valor, o centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, ficou lotado nesta quinta-feira (17). Muitas pessoas movimentavam o comércio em busca de ovos de Páscoa.

O gerente comercial Adriel Queiroz contou que o estoque de ovos da loja em que trabalha precisou ser reposto pelo ou menos três vezes só nesta quinta-feira. “A procura está muito alta e com a proximidade da Páscoa o movimento intensifica. Já estávamos esperando porque todo ano é assim, as pessoas sempre deixam para comprar na última hora”, ressaltou o gerente.

Por causa da superlotação uma loja teve que ser fechada. Houve tumulto entre os clientes. “Teve uma confusão dentro da loja. Duas clientes brigaram, mas a situação foi contornada”, garantiu Lídio Almeida, fiscal do estabelecimento.

Mas os apaixonados por ovos de Páscoa, que gostam de presentear toda a família, precisam ficar atentos na hora da compra. Segundo estudo feito pela FGV/Ibre, o valor dos ovos subiu 6,78% em comparação aos preços do ano passado. A porcentagem é superior ao acumulado do índice IPC/FGV - que calcula a inflação -, que registrou variação de 6,09% nos preços ao consumidor.

Para driblar os preços altos as opções mais econômicas para os adultos são a barra de chocolate e a caixa de bombom. Foi o que fizeram as amigas Fernanda Fonseca e Eveline Correa.

“Este ano só quem vai ganhar ovo de páscoa é o meu filho e minha sobrinha, porque são crianças. O resto da família vai ganhar bombons. Está tudo muito caro”, concluiu Fernanda.
Já Eveline contou que reduziu a lista de presenteados com ovos de Páscoa. “Meu pai, mãe, irmã e namorado são únicos que ganharão ovo de Páscoa. Para amigos e outros familiares comprei bombons e barra de chocolate”, revelou.

A criatividade também é forte aliada na hora economizar. Esta foi a opção escolhida pela estudante de Engenharia Gabriele Barcelos. Para presentear os amigos e familiares ela comprou 100 trufas artesanais colocou em caixinhas decoradas com fitas, laços e papel colorido. “Precisava economizar, mas não queria deixar ninguém de fora. As trufas saíam bem mais em conta e ninguém vai ficar sem presente”, contou a estudante.

Mesmo com muita gente desistindo da compra de ovos de Páscoa, os empresários se mantêm otimistas. Na Baixada Fluminense as magazines esperam faturar 17,9%, as lojas especializadas calculam faturamento de 12,3%, já os supermercados 12,1%. 

Para Cláudio Rosemberg, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Iguaçu, mesmo tendo alta, a venda do produto não deverá ser prejudicada, pois sua principal motivação de consumo está relacionada à satisfação do apelo emocional, principalmente das crianças, que são educadas a partir da representação do simbolismo da Páscoa. ‘‘A Páscoa é uma das campanhas mais importantes do calendário comercial das grandes, médias e pequenas empresas, pois seu brilho aquece de modo significativo as vendas. Por isso estamos otimistas para esta temporada’’, disse o presidente.

Páscoa caseira


Uma paixão que virou negócio. É assim que Daniele Brito define sua atual atividade. Ela encontrou na páscoa uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro e melhorar a renda familiar. Há um ano ela decidiu vender ovos de chocolate. A ideia de fazer do mundo do chocolate o seu próprio negócio surgiu porque precisava de dinheiro para a reforma da casa. “Eu já fazia trufas de chocolate, mas nunca tinha vendido, até que uma amiga experimentou e perguntou se eu faria uma grande quantidade para um evento de Páscoa que ela estava organizando. Eu topei porque precisava de dinheiro para fazer reforma na minha casa. As pessoas amaram e começou a surgir novas encomendas”, relembra. Segundo ela um dos principais atrativos este ano são os mini ovos recheados. Ela explica que inicialmente os ovos seriam para degustação dos diversos recheios, mas depois incorporou a ideia porque muitos clientes queriam vários ovinhos com diferentes recheios por ser mais econômico.



Via Jornal de Hoje
18/04/2014
NOVA IGUAÇU - Legislativo aponta irregularidades na aprovação dos valores da gestão do político em 2009.

De acordo com o projeto da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Tomada de Contas, determinando a anulação do Decreto Legislativo 1.110/12 que aprovou as contas, foi aprovado na sessão de da última quarta-feira, as contas do ex-prefeito de Nova Iguaçu Lindbergh Farias, referentes ao ano de 2009, serão novamente analisadas pelos vereadores do município. Segundo o presidente da Comissão, vereador Marquinhos da Tia Megue, várias ilegalidades foram observadas na aprovação. Conforme narra a Súmula nº. 473 do Supremo Tribunal Federal, uma administração pode anular seus próprios atos quando eivados de vícios que os tornem ilegais. Analisando os autos da Comissão de Orçamento que aprovou as contas em 2012, verificamos, entre outras coisas, que o parecer da Comissão, apesar de lido em sessão, não se encontra no processo. O presidente observa que três vereadores foram retirados da Comissão (Marquinhos da Tia Megue, Pastor Laranja e Fernando Nagi), sem direito à defesa, em 8 de novembro de 2012. “Fo mos destituídos pela vereadora Professora Marli (ex-vereadora, que em 2012 era a presidente da Comissão). E mais grave, a nova composição só foi publicada no dia 1 de janeiro de 2013. Isto é uma afronta ao princípio da publicidade dos atos administrativos.”

O vereador Denilson Ambrosio, na época relator da Comissão de Orçamento, foi substituído na relatoria sob a acusação de ser um vereador faltoso. “Grande injúria foi cometida contra a minha pessoa naquela época. Não me deram o direito de me defender,” diz o vereador.

QUÓRUM INSUFICIENTE


O projeto aprovado, revela, também, que no dia do análise das contas de Lindbergh só havia 11 vereadores em plenário, não havendo quórum mínimo de dois terços, 14 vereadores, conforme exigido pela Lei Orgânica Municipal (em 2012, a Câmara era composta por 21 vereadores). A Comissão de Orçamento deverá emitir parecer prévio, para julgamento final das contas, em um prazo máximo de 60 dias. Além do presidente Marquinhos da Tia Megue, ela é composta pelos vereadores Carlão Chambarelli, Alcemir Gomes, Juninho do Pneu e Ferreirinha.






Via Jornal Hora H
Por Rafael Marinho
18/04/2014
NOVA IGUAÇU - Crianças internadas no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI/Hospital da Posse) ganharam nesta quinta-feira (17/04) uma tarde mais doce e alegre com a festa de encerramento das comemorações de Páscoa na unidade. O evento foi realizado no setor da pediatria. Além de participarem de brincadeiras, as crianças assistiram teatrinho de fantoches e receberam kits de Páscoa contendo coelhinhos de pelúcia, ovo de chocolate e caixas de bombons, doados por estudantes de medicina da Universidade Iguaçu (Unig), empresários da região e funcionários do hospital. O evento contou com o apoio de médicos, enfermeiros e funcionários dos setores de enfermagem, gerenciamento de resíduos, classe escolar e capelania.

As comemorações no hospital tiveram início no dia 16 com a apresentação de uma cantata de Páscoa formada por um grupo de voluntários e funcionários. Eles percorreram diversos setores da unidade levando música e mensagens de incentivo com objetivo proporcionar momentos de descontração para os pacientes e seus familiares/acompanhantes. A programação contou ainda uma exposição de trabalhos manuais que representavam os símbolos da Páscoa produzidos pelas crianças com materiais recicláveis.

“Mesmo em um ambiente hospitalar é importante que os pacientes tenham esse tipo de atividade, principalmente as crianças. Já é comprovado que, na maioria dos casos, o tratamento possui uma resposta mais rápida quando o paciente se sente mais acolhido”, afirma o diretor do hospital, Joé Sestello.

Emocionada, a dona-de-casa, Graziele Chaves da Silva, mãe do pequeno Marcos Vinício da Silva Mello, de 5 anos, agradeceu pelo carinho. “Ele estava meio triste em ter que passar a Páscoa no hospital. Já até esperava não ganhar nada esse ano. Nunca imaginei que a alegria dele voltasse justamente dentro de um hospital. Ver o sorriso do meu filho hoje foi gratificante e me deu ainda mais forças para lutar por ele e continuarmos o tratamento”, afirma. Marcos está internado na unidade desde o dia 14 em tratamento com quadro de pneumonia.

Nova Pediatria será inaugurada

Até o final deste mês, a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu irá inaugurar a nova pediatria do Hospital da Posse. Após ser totalmente reformada, o setor reabrirá com 32 leitos, aptos a receber as crianças em um ambiente mais confortável e mais humanizado - o hospital possui uma média de 160 internações infantis ao mês, sendo uma das maiores emergências pediátricas públicas da Baixada Fluminense -. A sala da classe escolar – que oferece aulas escolares às crianças internadas em período de médio a longo prazo – também está passando por reformas e ganhará uma biblioteca e novos brinquedos paradidáticos. Outro espaço que está sendo reformado é o parquinho, na parte externa, que será coberto e terá uma área verde para aulas e brincadeiras ao ar livre.

“A antiga pediatria do Hospital da Posse estava sucateada, sem condições de receber as crianças. Estamos promovendo as reformas sem interromper o atendimento na unidade que por ser a maior emergência da Baixada, não pode parar. O prefeito Nelson Bornier tem buscado parcerias com os governos estadual e federal para ampliar ainda mais os investimentos na saúde, tanto no Hospital da Posse, como em toda rede de Atenção Básica, objetivando a prevenção às doenças, e diminuindo, com isso, o número de internações”, destaca o secretário municipal de Saúde de Nova Iguaçu, Luiz Antônio Teixeira Júnior.



Via HGNI
Fotos de Everton Barsan
18/04/2014
NOVA IGUAÇU - “Pacientes da AACD Nova Iguaçu tiveram um dia especial para comemorar a Páscoa. As crianças e adolescentes atendidos pela Instituição receberam ovos de chocolate da Lacta, doados pela Mondelēz Brasil, e faz parte de uma parceria que já dura nove anos. A ação contou com a presença da Sra. Adriana Oliveira, da Drogaria Galanti.”



18/04/2014
NOVA IGUAÇU - O prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier, se reuniu no final da noite desta terça-feira (15.04) com oito delegados da Polícia Civil da região, na 52ª DP, no Centro. O objetivo foi traçar um esquema de trabalho que ajude a reduzir os índices de criminalidade no município.

Essa é a segunda reunião nas últimas duas semanas do prefeito com a Polícia Civil. Durante os encontros, Bornier e os delegados discutiram estratégias que irão ajudar os órgãos de segurança a combaterem a violência em Nova Iguaçu e nos municípios vizinhos. Bornier disse aos policiais que tem sido procurado diariamente por moradores de praticamente todos os bairros cobrando mais segurança.

O prefeito se encontrou com o diretor do Departamento Geral da Polícia da Baixada, Ricardo Domingues; com o subchefe Operacional da Polícia Civil do Estado, Fernando Albuquerque; e com os delegados da 52ª DP (Centro), Júlio da Silva Filho, e a auxiliar, Ana Lucia da Costa Barros; delegado da 58ª (Posse), Julio Cesar Vasconcellos; 56ª (Comendador Soares), André Pioroni; da 53ª (Mesquita), Juliana Amorim; e da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), Márcio Mendonça.

Bornier abriu a reunião apresentando as reclamações da população, que está temerosa quanto a violência que vem aumentando em Nova Iguaçu, registradas na página oficial da Prefeitura no Facebook, e ressaltou que medidas emergenciais precisam ser tomadas.

O prefeito Bornier lembrou que Nova Iguaçu está vivendo cenas de violência insuportável, provocadas por quadrilhas rivais em guerra, e confessou que um de seus desejos é que o antigo prédio da 52ª DP seja ocupado por algum setor da Polícia o quanto antes. O K-11, bairro classe média da cidade, também não foi esquecido.

“Fui nascido e criado no K-11, que sempre foi um bairro tranqüilo. Bandidos foragidos de áreas pacificadas na capital já circulam pelas ruas da região em motocicletas, com pistolas e fuzis, além de atravessarem a serra e se acamparem nela com tranquilidade. Essa situação é inaceitável e precisamos reverter isso. Claro que o ambiente de insegurança não se restringe ao bairro K-11, mas a todo o município. A polícia pode contar com o apoio da Prefeitura”, disse o prefeito.

O delegado da 52ª DP, Júlio da Silva Filho, anunciou que intensificará as operações ao que chamou de "repressão qualificada". Segundo o delegado, na terça-feira mesmo (15.04) começou uma operação no K-11 para atender a população. O subchefe Operacional da Polícia Civil do Estado, Fernando Albuquerque, informou ao prefeito que já tem um grande número de traficantes de Nova Iguaçu identificados.

“É de extrema importância esse interesse do prefeito, que nos ofereceu ajuda logística e integração com a Prefeitura. A população clama por se segurança e a Polícia Civil vem se empenhando cada vez mais para combater a violência, reduzindo o tráfico e o número de roubos e assaltos”, destacou o diretor do Departamento Geral da Polícia da Baixada, Ricardo Domingues.

Domingues aproveitou a oportunidade para pedir ao prefeito que intensifique a repressão às motocicletas. Bornier garantiu que comprou uma área para a Polícia Militar ganhar um DPO no Centro de Cerâmica, e adiantou que as obras de construção, pelo Governo do Estado, de um Destacamento da Polícia Militar em Marapicu, no corredor viário da antiga Estrada de Madureira, começarão no final da próxima semana.



Via PMNI
Fotos de Alziro Xavier
18/04/2014
NOVA IGUAÇU - O Dia da Baixada não passará em branco em Nova Iguaçu. Através da Secretaria de Esporte e Lazer (Semel), no dia 30 de abril a prefeitura da cidade vai promover um aulão de ginástica gratuito, através do projeto “Amigos da Vila”.

Cerca de 200 pessoas são esperadas na Vila Olímpica, localizada na Rua Luiz de Lima, nº 288, às 7h30. A atividade será ar livre e comandada pela professora Aline Gualberto e pela equipe de profissionais de Educação Física da Semel. O projeto tem como objetivo estimular a prática da atividade física e de uma rotina de vida mais saudável.


Podem participar pessoas entre 8 e 80 anos e as inscrições serão realizadas no dia do evento.



Via PMNI
18/04/2014
NOVA IGUAÇU - Filho de Moraes Moreira se apresenta no dia 25/4

O cantor e compositor Davi Moraes apresenta seu show “Ao vivo” no Sesc Nova Iguaçu, no dia 25 de abril (sexta-feira), às 20h. No repertório estão músicas próprias como “Na massa” e “Tô na sua” e parcerias com outros autores, como Arnaldo Antunes, além de canções de Roberto Carlos e Erasmo Carlos (“Emoções”), Luiz Gonzaga (“Pagode russo”), Jorge Mautner e Nelson Jacobina (“Maracatu atômico”), Tom Jobim e Chico Buarque (“Ligia”), Wando (“Nega de Obaluaê”) e de seu pai Moraes Moreira (“Um bilhete pra Didi).

A estreia de Davi Moraes nos palco foi precoce e ousada. Aos 12 anos, acompanhou o pai na primeira edição do Rock in Rio, tocando “Brasileirinho”, de Waldir Azevedo, no cavaquinho. Trocou o instrumento pela guitarra e integrou bandas de artistas como Marisa Monte, Caetano Veloso, Carlinhos Brown, entre outros. Em 2002, partiu para a carreira solo e lançou o CD “Papo macaco”. No ano seguinte, participou do Brazilian Day em Nova York e abriu o Festival de Verão de Salvador. Em 2005, produziu o álbum “Orixá mutante”.

Dirigiu a trilha sonora do filme “Ó, Paí Ó”, ao lado de Caetano Veloso. O projeto cresceu e o guitarrista dirigiu o trio elétrico homônimo, que desfilou no carnaval de 2007, em Salvador. Na TV, apresentou o programa “Som e areia”, exibido pelo canal Multishow, que promoveu encontros entre artistas como Arnaldo Antunes, Maria Rita, Frejat, Roberta Sá, entre outros, numa casa em Jericoacoara, no litoral do Ceará.
Em 2012, acompanhou Moraes Moreira na turnê “Acabou Chorare”, em comemoração aos 40 anos do principal álbum dos Novos Baianos.

Repertório
Tudo bem (Robson Jorge)
Dance floor (Larry Troutman e Roger Troutman - Zapp)
Tô na sua (Davi Moraes e Rick Magia)
Ligia (Tom Jobim e Chico Buarque)
Verdadeiro carnaval (Davi Moraes, Quito Ribeiro, Betão Aguiar, Pedro Baby e Ciça Morais)
Baianinha (Davi Moraes, Peu Meurray e Leonardo Reis)
Emoções (Roberto Carlos e Erasmo Carlos)
Na massa (Davi Moraes e Arnaldo Antunes)
Um bilhete pra Didi (Moraes Moreira)
Seu Chico (Davi Moraes e Francisco Barbosa)
Maracatu atômico (Jorge Mautner e Nelson Jacobina)
Coração de bola (Jauperi e Paulo Jorge)
Nega de Obaluaê (Wando)
Frevo do trio elétrico (Osmar Macedo)
Dont stop the feeling (Roy Ayers)
Pagode russo (Luiz Gonzaga e João Silva)
É d'Oxum (Gerônimo)

Serviço
Show “Davi Moraes ao vivo”
Sesc Nova Iguaçu: Rua Dom Adriano Hipólito, 10. Tel.: 2797-3001
25/4/2014 (sexta-feira)
20h
Ingressos: R$ 5 (associados Sesc Rio), R$ 10 (meia entrada) e R$ 20 (inteira)
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 90 minutos

Capacidade: 384 lugares